Na passada sexta-feira (dia 18), o pianista ucraniano Vadym Kholodenko chegou a casa da sua esposa, estando alegadamente a atravessar uma fase difícil no seu casamento, para ir buscar as duas filhas quando se deparou com a cena horrenda. As duas meninas, Nika de cinco anos e Michaela de apenas um ano, estavam na cama já sem vida e a esposa Sofia Tsygankova estava ferida e num estado de pânico.

A polícia do Texas, que está encarregue do caso, descarta Vadym como suspeito, que está neste momento a tentar ajudar no que pode. Segundo o "The Guardian", o comandante encarregue do caso, David Babcock, diz que Vadym "está a colaborar na investigação e neste momento não é considerado suspeito".

Publicidade
Publicidade

A esposa do pianista foi levada para o hospital, onde estão a ser tratados os ferimentos, e, mais tarde, irá ser sujeita a uma avaliação psicológica.

Quando Kholodenko chegou a casa por volta das 9h30, chamou de imediato a polícia que rapidamente seguiu para o local. David Babcock revelou que as crianças não tinham nenhum hematoma e as causas da morte ainda estão por determinar. Acrescentou também que a polícia ainda não está à procura do possível autor dos ataques e que as autoridades já haviam sido chamadas à habitação duas vezes, mas não revelou o porquê.

Vadym Kholodenko, Sofia Tsygankova e Nika, a filha mais velha de ambos, moravam em Moscovo, na Rússia, mas mudaram-se para os Estados Unidos em 2014. O pianista revelou ao jornal "Forth Worth Star-Telegram" que ambicionava ser um cidadão norte-americano e criar uma família na região onde vivia, no Texas.

Publicidade

Sofia também falou ao jornal, declarando que a mudança poderia ajudar no tratamento a um problema de pele de que Nika sofria.

Em 2013, antes de ir para os Estados Unidos, o pianista deu uma entrevista ao "Houston Chronicle" confessando que, dada a sua profissão, era difícil passar tempo com a família e não pretendia que a filha crescesse sem ter o pai presente. O casal deu o nó em 2010 mas, em Novembro do ano passado, assinou os papéis para o divórcio, uma vez que desde Agosto que viviam em casas separadas.

Terri Messer, vizinha do casal, disse que Sofia era muito atenciosa com as crianças e tomava muito bem conta delas quando brincavam no jardim da casa. "Se estivessem a brincar no trampolim, Sofia também estava no trampolim." Relatou Messer à NBC.

Vadym Kholodenko tinha concertos marcados entre 18 e 20 de Março com a "Forth Worth Symphony Orchestra" e com a "BBC Scottish Symphony Orchestra" na cidade de Glasgow, na Escócia, no próximo mês. Acabou por ser substituído nos concertos que iria participar neste fim-de-semana.

Uma estrela em ascenção aos 29 anos, Vadym Kholodenko ganhou a medalha de ouro na "Val Cliburn Internacional Piano Competition" em 2013, competição que decorre de quatro em quatro anos na cidade de Forth Worth e tocou com a "Royal Philharmonic Orchestra" em San Diego na Califórnia, há cerca de dois meses . #Crime #Tragédia