Princesa Sofia e Carl Philip da Suécia deram as boas vindas ao seu primeiro filho. A criança nasceu esta terça-feira, dia 19 de Abril, pelas 18 horas e 25 minutos, no Hospital de Danderyd, em Estocolmo. O bebé, que tem uma saúde perfeita, nasceu no período previsto pelos médicos. O nascimento foi comunicado pelo Palácio Real, que utilizou as redes sociais para dar esta notícia, e também pelo Príncipe, que falou com os jornalistas presentes no local. No comunicado feito pelo Palácio podia ler-se que "a criança e a mãe se encontram bem de saúde", de acordo com o site VIP.

O príncipe e a princesa da Suécia não quiseram que os médicos lhes dissessem qual o sexo da criança durante a gestação.

Publicidade
Publicidade

Os pais de primeira viagem descobriram ontem, só depois da criança nascer, que era um menino. O bebé nasceu com 49 centímetros e 3 595 gramas, segundo as declarações que Philip fez à nação sueca às 21 horas e 30 minutos.  Ao comunicar estas novas informações acerca do seu primeiro filho, que ainda não tem nome, o marido da Princesa Sofia parecia muito feliz e declarou que o facto de ter assistido ao parto foi uma experiência "incrível ".

Apenas hoje, 20 de Abril, será divulgado como se vai chamar o quinto membro da linha de sucessão ao trono sueco. 

Sofia e Carl casaram-se no dia 13 de Junho de 2015, numa cerimónia que teve lugar na capela real, em Estocolmo. O casal prometeu amar-se e respeitar-se numa pequena cerimónia que contou com a presença da #Família real, alguns amigos mais chegados e também alguns membros da realeza europeia. 

No dia do casamento Sofia estava muito feliz e sorridente e Carl e a sua irmã Victoria não conseguiram conter as lágrimas de tanta alegria. 

Assim como muitas outras mulheres que não nasceram com "sangue azul", Sofia foi muitas vezes posta em causa pela família real, que queria que Carl se casasse com alguém do seu nível.

Publicidade

No entanto, a jovem que veio de origens mais humildes ainda não causou qualquer motivo para que os membros do troco sueco pudessem apontar o dedo  à sua conduta. #Famosos