O mau tempo causado por uma frente fria que paira sobre o Uruguai fez com que várias localidades sofressem danos consideráveis. Na cidade de Dolores, um tornado fez 4 vítimas mortais e dezenas de pessoas ficaram feridas, de acordo com informações das fontes oficiais do país. 

A cidade de Dolores, que tem cerca de 20 mil habitantes, fica na província de Soriano, no sudoeste do Uruguai. O tornado que ocorreu esta sexta-feira, 15 de Abril, causou, além das vítimas mortais, a destruição de habitações, edifícios e viaturas, tantos as que se encontravam estacionadas nas ruas, como as que estavam em garagens.

De acordo com o Sistema Nacional de Emergências (SINAE) do Uruguai, até ao momento foram estão hospitalizadas 7 pessoas, que se encontram em estado grave, entre as quais duas crianças.

Publicidade
Publicidade

O governador de Soriano, Agustín Bascou, reportou a existência de pessoas que ainda não foram encontradas e que os danos materiais são elevados. O autarca referiu os esforços do corpo de bombeiros para procurar, o mais rapidamente possível, as vítimas que estão sob os destroços. 

A zona que ficou destruída foi considerada em estado de "emergência", de acordo com o secretário da Presidência Juan Andrés Roballo. Embora tenha sido a região oeste do país a mais atingida pela precipitação (Dolores fica a poucos quilómetros da fronteira com a Argentina), o país inteiro foi atingido. Os uruguaios não estão habituados a este tipo de condições meteorológicas, visto que o país tem um clima ameno. 

Devido à pequena dimensão desta cidade, os meios disponíveis para auxiliar as vitimas não foram suficientes. Por isso, as entidades das cidades vizinhas disponibilizaram-se a ajudar, especialmente para que se encontrem as pessoas desaparecidas e também auxiliando as pessoas que estão em estado crítico.

Publicidade

As entidades responsáveis não descartam a possibilidade de existirem mais vítimas mortais. 

Neste momento o Uruguai tem, além de Soriano, mais 3 províncias sob alerta laranja, também situadas na região sudoeste do país.  #Natureza #Catástrofes Naturais