Um dia estes irmãos vão acordar e não irão conseguir voltar a adormecer nunca mais. Já imaginou viver com este pesadelo? Não se trata apenas de dormir umas horas durante o dia ou durante a noite, mas não conseguir voltar a adormecer novamente. Os australianos Hayley Webb, 30 anos, e Lachlan, 28 anos, vivem em Queensland, são vítimas de uma doença rara hereditária denominada Insónia Familiar Fatal e conhecem bem a sua realidade. 

A região cerebral responsável pelo sono, o tálamo, fica comprometida devido a esta condição hereditária, vai apresentando lesões e os neurónios serão danificados. O facto de as pessoas não conseguirem dormir conduz a uma deterioração física e mental rápida, levando-as à morte, pois o corpo não consegue "rejuvenescer". 

Quem herdou a doença sabe que a qualquer momento pode ser afetado pela mesma.

Publicidade
Publicidade

É uma doença silenciosa e de evolução rápida, para a qual ainda não existe cura nem tratamento. Hayley e o seu irmão Lachlan tomaram conhecimento dessa realidade quando a avó adoeceu. A doença teve início com dificuldades em adormecer e rapidamente desenvolveu insónia intensa e, posteriormente, causou a morte. 

Hayley, jornalista do Nine News, refere que descobriu a doença quando era adolescente. Foi quando a avó de Hayley e Lachlan foi diagnosticada e começou a ficar doente, sem visão, demente, a alucinar e sem conseguir comunicar. No entanto, a doença não foi apenas fatal para a avó. A Insónia Familiar Fatal condenou igualmente a mãe dos dois irmãos aos 61 anos, a tia aos 42 anos e o tio aos 20 anos, de acordo com o site do Sol.  

Para travar a doença hereditária, que tirou a vida a quatro familiares, os irmãos viajaram para os Estados Unidos da América para efetuarem exames complementares.

Publicidade

Caso a ciência não apresente resposta à condição clínica nem tratamento para os irmãos, Hayley e Lachlan terão o mesmo destino que os seus familiares, diz o PT Jornal. 

Em Portugal a privação do sono foi utilizada durante o Estado Novo. Quem viveu a experiência da tortura do sono começou por sentir cansaço, paranoia e alucinações, tal como estes irmãos irão sentir.

  #Casos Médicos