O tema do bullying está uma vez mais a inundar as redes sociais, desta vez devido à morte de uma jovem de 18 anos. A jovem terá cometido suicídio em frente à família. Em causa estará um perfil falso nas redes sociais criado por um grupo de colegas. Antes de morrer a jovem enviou uma mensagem de despedida à irmã.

Tudo terá acontecido nos Estados Unidos, no Texas, de onde a jovem, Brandy, era natural. Na última terça-feira, 29 de Novembro, a jovem não aguentou mais a pressão de que estaria a ser vítima nos últimos meses.

Um grupo de colegas terá criado um perfil falso nas redes sociais, fazendo-se passar pela jovem Brandy e oferecendo sexo.

Publicidade
Publicidade

Para além disso, a jovem terá ainda sido vítima de bullying, sendo que lhe chamavam diariamente variados nomes.

O caso teve desfecho na última terça-feira, quando Brandy apontou uma arma ao peito e suicidou-se.

Segundo o relato do pai, agora transcrito pelo Correio da Manhã, a família tentou demovê-la: “Pedimos-lhe para baixar a arma, mas ela estava determinada. Disse que já tinha ido demasiado longe para voltar atrás”.

O #Crime de cyberbullying de que a jovem terá sido vítima no último meio ano terá sido denunciado às autoridades, que acabaram por não fazer nada, por não conseguirem descobrir a identidade de quem estaria por trás da página criada em nome da jovem.

Segundo o Correio da Manhã, Brandy, antes de cometer o suicídio, terá enviado uma mensagem à irmã em que dizia “amo-te tanto.

Publicidade

Lembra-te sempre disso. Peço desculpa por tudo”.

De acordo com uma sondagem publicada nos últimos meses, realizada pela UNICEF, dois em cada três #Jovens de 18 países admitem terem sido vítimas de bullying. Este desfecho, o suicídio, é já a segunda forma de morte mais recorrente no mundo entre os jovens.

Relativamente à morte de Brandy, as autoridades do Texas estão a investigar o caso e a tentar descobrir quem estaria por detrás do cyberbullying que era feito à jovem. Enquanto não são feitos avanços no caso, mais uma jovem morreu, vítima de um abuso através da internet. #EUA