Jeremy Meeks já tem uma versão feminina no #Reino Unido. Chama-se Katie Curtis e foi eleita a criminosa mais #Sexy do mundo, ultrapassando a sua antecessora Megan McCullough. Com 18 anos de idade, Katie Curtis, natural de Hertfordshire, um condado em Inglaterra, foi detida esta semana por posse de drogas, depois de ter sido condenada em tribunal a 6 de março deste ano. Depois dessa audiência, na qual Katie Curtis não apareceu, o mandato para a sua prisão foi emitido de imediato. Sobre a jovem pendiam suspeitas deste #Crime desde o início deste ano. De acordo com informações avançadas pelo jornal inglês Metro, Katie Curtis é suspeita de ter ligações de tráfico de droga em Londres e Escócia.

Publicidade
Publicidade

A fotografia da jovem tornou-se viral nas redes sociais depois de o seu registo policial ter sido publicado pela Hertfordshire Constabulary, uma força policial responsável por monitorizar o território da região, juntamente com os de outros criminosos. A Polícia do condado de Hertfordshire publicou a fotografia com o intuito de pedir ajuda para a sua captura.

Os utilizadores não se focaram tanto no motivo da detenção mas na aparência, e rapidamente a apelidaram como a criminosa mais sexy do mundo. Os olhos claros e os lábios carnudos foram algumas das justificações apontadas pelos utilizadores das redes sociais. A fotografia já conta com milhares de gostos e partilhas.

É a "homóloga" de Jeremy Meeks, o criminoso que foi detido em 2014 por posse de armas. Depois de ter sido libertado em março do presente ano, Jeremy Meeks não só acabou por se tornar modelo quando deixou a prisão como está a fazer um sucesso milionário.

Publicidade

O criminoso mais sexy do mundo assinou contrato com uma agência e até desfilou na Semana da Moda de Nova Iorque, nos Estados Unidos.

Katie Curtis põe assim em segundo lugar a sua antecessora Megan McCullough. De 27 anos e natural de Zephyrhills, uma cidade localizada na Florida, nos Estados Unidos, Megan McCullough foi detida em julho de 2010 por conduzir sob o efeito de influências. Já no ano de 2006 tinha sido presa por conduzir sem carta de condução. A fotografia de Megan McCullough com o macacão laranja, usado pelos prisioneiros, nos Estados Unidos, também gerou alarido nas redes sociais. Alguns utilizadores basearam-se na fotografia da suspeita para fazer memes. Outros chegar mesmo a pedir-lhe o número de telemóvel e a perguntar-lhe se era modelo. Megan McCullough não escapou aos pedidos de casamento de alguns utilizadores do sexo masculino.