As Cataratas do Iguaçu são um conjunto de cerca de 275 quedas de água no Rio Iguaçu, localizada entre o Parque Nacional do Iguaçu, Paraná, 20% no Brasil e 80% na Argentina. Muitas Variedades de espécies dependem do equilíbrio desse ecossistema, e qualquer alteração pode ocasionar desequilíbrio ecológico afetando a flora a e a fauna local. Apesar de ser uma alteração artificial o que vem acontecendo, com a vazão das cataratas, isso vai afetar de forma direta as vidas que dependem das margens e bordas para sobreviverem e procriarem.

Segundo especialistas, essa semana aconteceram baixas de vazões devido ao menor consumo de energia. Sábado, 1 de novembro, foi registrado baixa vazão pela manhã. Segundo o monitoramento hidrológico do Rio Paraná, feito pela Companhia Elétrica do Paraná, a vazão chegou a 529 mil litros por segundo por volta das 9h - o equivalente a um terço da média normal de vazão, de 1,5 milhão de litros por segundo. Segunda-feira dia 27, a vazão foi de 240 mil de litros de água por segundo - 20% do normal. Na terça, o desempenho se repetiu, com a menor vazão registrada no ano - 206 mil litros por segundo. A menor vazão das Cataratas do Iguaçu foi registrada em 1944, quando chegou a 126 mil l/s por causa de uma estiagem.

De acordo com os diretores do parque do Iguaçu, o volume que encanta os turistas e visitantes depende de cinco hidrelétricas ao longo do curso do rio, que nos finais de semana se represam para recompor de forma bela e natural toda água que evadiu; O fato aconteceu segundo responsáveis pelo Parque Nacional do Iguaçu, porque nos fins de semana a geração de energia é menor, e as usinas que ficam no leito do Rio Iguaçu aproveitam para fechar as comportas e reter a água. Isso faz com que a vazão diminua e a falta de chuva também pode agravar a situação.

Mas mesmo com o volume menor, as cataratas continuam embelezando e atraindo muitos turistas ao local, que ficam encantados com tamanho espetáculo da natureza! Algumas das quedas individuais chegam a atingir 82 metros, mas a maioria é de 64 metros. #Entretenimento #Turismo