Ano novo, vida nova é o que todos esperam. Seja para ultrapassar as dificuldades ou simplesmente para ter um novo ano repleto de bons acontecimentos, muitas são as crenças associadas à passagem de ano. Algumas tradições remontam a séculos anteriores, outras são mais recentes, mas todas têm um fundamento. Para atrair a boa sorte e ter um bom ano são diversas as superstições, desde comer as doze passas até à cor da roupa que se veste. Antes do novo ano fique a conhecer as principais tradições portuguesas.

Comer passas: É a tradição mais comum em Portugal. Comem-se doze passas, uma em cada badalada e pedem-se os doze desejos para o novo ano.

Publicidade
Publicidade

Além das passas, há também quem trinque sete sementes de romã, as embrulhe num guardanapo e guarde na carteira até ao final do ano. Esta tradição tem origem brasileira e tem o objetivo de atrair fortuna.

Subir a uma cadeira: Normalmente este costume é conjugado com dinheiro. De acordo com a tradição, subir para uma cadeira ou degrau à meia-noite, com o pé direito e uma nota na mão pressagia um ano afortunado. Algumas pessoas preferem colocar uma nota no sapato do pé direito e utiliza-la na primeira compra do ano.

Usar roupa interior nova: Habitualmente estreia-se roupa de cor azul, apesar de existir quem acredite que a cor da roupa interior deve variar consoante o que se pretende do novo ano: o azul atrai a boa sorte, o vermelho a paixão, o branco a tranquilidade, o castanho sucesso profissional e o amarelo dinheiro.

Publicidade

Utilizar lençóis novos também antevê sorte e amor no novo ano.

Pular à meia-noite: Com o objetivo de deitar fora os acontecimentos maus do ano anterior e ter mais sorte no novo ano, algumas pessoas dão três pulos com o copo de champanhe na mão, sem o derramar, e esvaziam o copo atirando o líquido para trás das costas sem olhar. Também é suposto guardar a rolha da garrafa de champanhe até ao final do ano para renovar as energias.

Casa limpa: É considerado mau agouro limpar a casa no dia de ano novo. A casa deve ser limpa no último dia do ano para entrar no novo ano com espirito renovado e sem "pedras no sapato".

Bater com tachos e panelas: Fazer barulho com tachos e panelas é a tradição mais antiga e serve para espantar os espíritos maus. Em alternativa há quem lance foguetes, grite ou cante. Todo o tipo de ruido é válido.

Primeiro banho do ano: Em Portugal é habitual em algumas cidades como Matosinhos, Figueira da Foz ou Carcavelos tomar banho no mar no primeiro dia do ano para renovar o espírito e a energia. #Curiosidades #AnoNovo2016