Agora que se começa a aproximar o final do ano, é chegada a hora de traçar objectivos para os 365 dias que se advinham. Com a febre das corridas que se instalou nos últimos tempos, é bem provável que entre eles esteja terminar uma maratona. A maratona é uma das mais longas, difíceis e desgastantes provas de atletismo. Aos atletas é pedido que corram 42, 195 km durante o menor tempo possível, por isso precisa de começar a treinar antes mesmo de o ano acabar.

1. O primeiro passo é agendar uma consulta com o seu médico de família. Fale-lhe do seu novo objectivo, para que ele possa avaliar se está tem condições físicas de o cumprir.

Publicidade
Publicidade

2. Depois aproveite que estamos no Natal e peça umas boas sapatilhas de corrida e umas roupas frescas e confortáveis para os seus treinos. A escolha nem sempre é fácil, por isso aconselho-o a passar numa loja de desporto, onde encontrará funcionários que o podem ajudar a descobrir qual o modelo que melhor se adequa à sua passada.

3. Equipamento adquirido (ou oferecido) é hora de traçar um plano de treinos. A máxima aqui é aumentar progressivamente as distâncias percorridas e não descurar o descanso. Online, já se encontram algumas aplicações que ajudam a desenhar um plano de treinos personalizados.

4. Aproveite o balanço para repensar a sua despensa. Para ter energia para correr, os seus músculos precisam de glicogénio (também podem usar gordura, mas nesse caso tornam-se menos eficientes).

Publicidade

Deste modo, antes de uma corrida deve aumentar a ingestão de hidratos de carbono, para que os seus níveis de glicogénio subam. Isto é particularmente importante quando for correr grandes distâncias. Aliás, nesses casos é conveniente alimentar-se ao longo do trajecto. Há no mercado géis e bebidas energéticas para o efeito.

5. Hidratar. Este é o verbo que não pode jamais esquecer. A água deve estar presente antes, durante e após a sua corrida.

6. Desfrute dos treinos. Aproveite estes momentos de fuga da rotina para conversar com um amigo, caso goste de correr acompanhado. Ou então, aproveite para ouvir música, os podcasts do dia ou até mesmo um audiolivro. Mas sempre sem descurar a paisagem que o envolve.

7. E de nada lhe serve treinar, se não escolher a prova em que se vai estrear. Há provas a decorrer a todo o momento, um pouco por tudo o Mundo.

8. Preste especial atenção aos dias anteriores ao grande dia. Não experimente alimentos novos, aumente a ingestão de hidratos de carbono e proteínas e evite as fibras.

Publicidade

Beba muita água, teste o equipamento que vai usar no dia e beba mais um pouquinho de água. Se possível estude o percurso da prova. Treine moderadamente. Os treinadores aconselham que se reduza aos quilómetros e aumente à velocidade. E descanse, descanse bastante.

9. Quando soar o tiro de partida desfrute da viagem. Por motivo algum deixe de se hidratar e alimentar para poupar tempo.

10. Uma vez cortada a meta continue a alimentar-se e hidratar-se. Se possível procure um massagista para o ajudar a recuperar do desgaste muscular sofrido. Descanse e sonhe com o próximo desafio. #AnoNovo2016