O Natal parece que ainda foi ontem, mas a verdade é que já estamos em meados de Fevereiro e o calendário dita que é altura de celebrar o Dia de São Valentim. A festa faz-se, normalmente, com um jantar à luz das velas e um presente. Rosas vermelhas, chocolate e um cartão enfeitado como corações são as escolhas preferidas dos portugueses. Os homens mais sortudos podem, também eles, receber um presente. Clichés e preconceitos à parte, deixo-vos com algumas sugestões de presentes homemade para aquecer o coração à vossa cara-metade no próximo sábado:

  • São certamente muitos os motivos que o levam a gostar do seu parceiro/parceira. Porque não começar a escrevê-los, um a um, em pequenos bilhetinhos até chegar aos 365 e colocá-los num bonito frasco? A ideia é que ele/ela vá desvendando, dia após dia, o porquê de gostar dele/dela. É a prenda ideal para casais que passam longos períodos sem se ver.
  • Na era dos vales, porque não lhes dar um ar mais amoroso (ou picante até)? A minha sugestão é que desenhe uma série de vales para o seu companheiro. Os vossos gostos e a sua imaginação são o limite.
  • Peça bis. Numa caixa coloque tudo aquilo que quer repetir até à exaustão. Por exemplo: "Bis aos nossos abraços apertados"; "Bis nossos pequenos-almoços" e tudo o mais que faça a vossa relação valer a pena.
  • Os mais arrojados podem apostar num jogo de tabuleiro sexual. A ideia aqui é que criem um percurso em tabuleiro, a percorrer por um peão e ditado pelos dados. Em cada casa que os participantes caiam deverão cumprir uma tarefa mais atrevida.
  • Para os que já celebraram muitos dias de São Valentim, criar um livro onde reúnam tudo que de mais importante se passou no ano em que se conheceram pode ser uma ideia interessante. Quais foram as principais notícias? As músicas mais ouvidas? Os filmes e as séries mais seguidas? E a vocês? O que vos aconteceu? Formaram-se? Conseguiram o primeiro emprego? Compraram o primeiro carro? As hipóteses são infinitas. Comece já anotar tudo aquilo de que se lembra e construa um belo livro de memórias com isso.

O relógio não pára, escolha a sua ideia preferida e ponha as mãos obra.

Publicidade
Publicidade

De certeza que será uma experiência recompensadora para ambos. Feliz dia de S. Valentim a todos!