Os Muse revelaram através das redes sociais que já esta disponível no YouTube a primeira música do álbum Drones. Psycho é uma crítica mordaz à obediência que impera em determinados meios. No videoclip vê-se um soldado a responder sim a todas as solicitações do seu superior. A banda vem este ano a Portugal e na bagagem traz muitas novidades. A 9 de julho, no Passeio Marítimo de Algés, em Lisboa, os Muse apresentarão as novas músicas aos fãs portugueses.

Em menos de 24 horas Psycho conta com mais de 1 milhão e 600 mil visualizações no YouTube. O álbum Drones será lançado a 8 de junho. Nas primeiras impressões, os fãs revelam que a sonoridade tem misturas do tema Personal Jesus dos Depeche Mode com Marilyn Mason, alguns mostram-se desiludidos, outros dizem que a banda regressou à sua essência e só dão elogios ao novo tema. A avaliar pelo número de visualizações, Psycho pode vir a tornar-se o grande sucesso de Drones.

O vocalista Matt Bellamy já revelou que na sua opinião o novo tema "é muito ofensivo" para passar na rádio. A revelação foi feita durante uma sessão de questões dos fãs no Twitter. A banda tem procurado sempre alertar para as questões políticas e económicas que, no entender dos Muse, acabam por dominar a sociedade. No álbum anterior, Panic Station e Animals são exemplo disso mesmo. A última vez que a banda veio a Portugal foi em junho de 2013 ao Estádio do Dragão, no Porto, onde se deparou com um estádio lotado.

A banda tem uma forte presença nas redes sociais e foi através delas que foi revelando os primeiros acordes do novo álbum aos milhões de fãs espalhados por todo o mundo. Matthew Bellamy, Christopher Wolstenholme e Dominic Howard formaram a banda em 1994 e começaram a fazer sucesso quando faziam aberturas de espectáculos de bandas como os U2. A Portugal já vieram várias vezes, para além do Porto, em 2013, antes passaram pelo Rock in Rio e agora regressam em pleno verão para o NOS Alive 2015. Os bilhetes ainda não esgotaram e se é fã da banda ainda vai a tempo de poder ouvir Psycho ao vivo. #Música