O site Whatever.com decidiu perguntar a 100 homens de diferentes idades se queriam fazer sexo com uma desconhecida. Para isso, o canal de Youtube criado em 2013, especialista em partidas em experiências sociais, recorreu a uma jovem atraente que se aproximava de um homem e perguntava se queria fazer sexo com ela. A proposta, no mínimo inesperada, arrancou diversas reações.

À pergunta "Quer fazer sexo?", apenas 30 dos homens responderam afirmativamente. A maioria dos homens envolvidos no inquérito deu 'com os pés' à jovem atraente contratada pelo site. Vestida de forma casual, com uma t-shirt, ora branca, ora preta, e umas calças de ganga, a missão revelou que a maioria dos homens respondeu negativamente e ficou desconfiada.

Publicidade
Publicidade

Uns disseram ter namorada, outros olhavam à volta e perguntavam se era alguma partida (o que não era uma desconfiança tão descabida quanto isso) e, por fim, outros recusaram de imediato a proposta, sem pensar duas vezes. No vídeo, podemos até observar um senhor a questionar: "Porque é que uma rapariga bonita como você faria tal pergunta?".

Em declarações ao site norte-americano "Business Insider", o fundador do site, Brian Atlas, revelou que a jovem teve mais sucesso junto dos homens quando usava a t-shirt preta. Ao longo de quase 20 minutos, "Andrea" apresenta-se a 100 homens e pergunta-lhe se querem fazer sexo com ela, chegando mesmo a falar em ter filhos e formar família. Respostas como 'I have a girlfriend' (Tenho namorada),'Let's go' (vamos lá), 'No, that's a weird proposition' (Não, é uma proposta estranha) e um simples 'No, thanks' (Não, obrigado) podem ser ouvidas no vídeo disponível no site.

Publicidade

Quando a proposta é ao contrário, portanto quando é um homem a perguntar a 100 mulheres se alguma delas quer ter sexo com ele, não existe uma única resposta positiva. De acordo com o criador do "Whatever", o objetivo destes vídeos não é retirar conclusões científicas, mas entreter e divertir: "Não tiramos nenhumas conclusões - deixamos isso para os espetadores".

Ainda segundo Brian Atlas, todos os inquiridos, em ambos os vídeos, foram posteriormente informados de que se tratava de uma piada. #Entretenimento #Curiosidades