Durante quase um mês, a cidade de Águeda, do distrito de Aveiro, oferece um programa com uma "intensa programação cultural". Já na 10ª edição, o grande festival de Águeda conta com 23 dias de muita animação#Música, gastronomia e comércio local, desporto para todas as idades e muita animação são os ingredientes principais que se juntam e contribuem para o panorama cultural da cidade. O evento tem entrada livre e recebe todos os anos milhares de visitantes de todos os cantos do mundo.

O festival de Verão começou em 2006 e é já uma marca no cartaz cultural do Município de Águeda. Este ano, entre os artistas mais esperados para agitar as noites em Águeda, destaca-se a presença dos portugueses D.A.MA, de Paulo Gonzo, das cantoras Rita Redshoes e Selah Sue, do britânico James Arthur , da participante dos ídolos Carolina Deslandes, do Badoxa, Capicua e do rapper Jimmy P.

Publicidade
Publicidade

Para além dos espetáculos diários com vários artistas e DJ's famosos, o AgitÁgueda é completado com inúmeras atividades que promovem Águeda durante quase um mês. O espaço AgitaKids, que proporciona conforto e brincadeiras aos mais pequenos, as animações de rua, as tasquinhas, que incluem a melhor gastronomia do concelho, são alguns dos pontos de interesse. Simultaneamente, Águeda torna-se um cenário vivo, com os bancos, escadarias e colunas da cidade pintados com variações cromáticas. Outro ponto alto deste evento é o projeto "The Umbrella Sky", conhecido mundialmente pelos célebres chapéus de chuva coloridos espalhados pelas ruas da cidade. Esta iniciátiva começou em 2012 no âmbito do AgitÁgueda e atingiu um êxito sem paralelo levando, inclusive, Águeda a ser conhecida como a "cidade dos guarda-chuvas."

O evento tem entrada gratuita e acolhe todos os anos milhares de pessoas, oriundas do país e do estrangeiro ultrapassando, assim, o limiar de um acontecimento local.

Publicidade

O Presidente da Câmara Municipal de Águeda, Dr. Gil Nadais, afirma que o evento "cresce a cada ano em número de participantes, visitantes e no fomento da economia local", atingindo uma projeção internacional. #Festivais