Na bandeira portuguesa estão representados sete castelos, os quais simbolizam tradicionalmente as vitórias conseguidas pelos portugueses sobre os seus inimigos. A #História de Portugal está repleta de lendas, reis e castelos que alimentam a alma lusitana e que a transportam para uma outra época, mais distante e longínqua. O castelo é o símbolo físico mais presente e visível do passado medieval, ocupando um lugar de destaque no imaginário popular, e logo desde a infância. No dia 7 de Outubro celebra-se o Dia Nacional dos Castelos e a Blasting News apresenta-lhe os 7 magníficos castelos que não pode deixar de visitar. #Artes

  • Castelo de Guimarães – Eleito em 2007 como umas das 7 Maravilhas de Portugal, o castelo medieval do século X está associado à formação do Condado Portucalense e é visto como o Berço da Nação, onde D. Afonso Henriques terá resistido aos avanços do Rei de Leão e Castela. É dos castelos mais visitados do país, pelo que tem vindo a sofrer intervenções no sentido de melhorar a acessibilidade e segurança aos seus visitantes.
  • Castelo de Óbidos – Localizado no distrito de Leiria e envolvido pela vila do chocolate, o castelo reúne em si diversos estilos arquitectónicos, resultado das constantes reparações e ampliações que foi sofrendo ao longo do tempo. Pensa-se que o local tenha sido habitado pelos romanos e pelos árabes, que foram construindo fortificações contra inimigos. Foi também eleito, em 2007, como uma das 7 Maravilhas de Portugal.
  • Castelo de Almourol – Localizado no concelho de Vila Nova da Barquinha, distrito de Santarém,situa-se numa pequena ilha na linha do Tejo e está associado à Ordem dos Templários. É um dos exemplos mais significativos de arquitectura militar do século XI, tendo ganho grande visibilidade no século XIX, com o movimento romântico, que possibilitou o restauro da fortificação.
  • Castelo de Marvão – Situado em pleno Alentejo, no distrito de Portalegre, o castelo, de estilo gótico, mandado construir por D. Dinis, inscreve-se no Parque Natural da Serra de S. Mamede. Erguido sob o mineral mais abundante da Terra, o quartzo, a cerca de 800 metros acima do nível do mar, o castelo envolve a vila medieval através da longa muralha construída ao seu redor.
  • Castelo dos Mouros (Sintra) – Tendo como localização a deslumbrante Serra de Sintra, estima-se que a fortificação tenha sido construída por volta do século X, após a conquista muçulmana da Península Ibérica, daí a sua denominação. Erguido sobre uma estrutura rochosa que lhe confere uma altitude considerável, o castelo usufrui de uma paisagem envolvente que se estende ao Oceano Atlântico.
  • Castelo de Monsaraz – Localizado em Reguengos de Monsaraz, distrito de Évora, pensa-se ter sido mandado construir por D. Dinis a partir de um castro pré-histórico. É também associado à Ordem dos Cavaleiros Templários e está hoje classificado como Monumento Nacional que possibilita uma vista deslumbrante sobre a Barragem do Alqueva.