Alguma vez imaginou estar a passear num dia de calor através da Europa, com os seus amigos, e matar a sua sede numa fonte de #cerveja? Sim, leu bem. O grande sonho de muitos adeptos desta bebida é finalmente realizado!

Pela primeira vez, uma cidade decidiu abrir uma fonte pública de cerveja que pode ser degustada por qualquer pessoa que por ali passe. Centenas de pessoas já aprovaram a ideia e assinalaram no seu mapa de #Viagens a cidade de Zalec, na #Eslovénia.

Já tinham surgido algumas ideias para o fabrico de fontes de várias bebidas, como é o caso da Coca-Cola ou de Gatorade, mas esta é a primeira vez que uma fonte pública é transformada num oásis de cerveja.

Publicidade
Publicidade

Ainda não existe a informação se a fonte tem data prevista para ser retirada, mas isso é algo que os admiradores da bebida não querem pensar neste momento.

O investimento de cerca de 350 mil euros, segundo o site da FoxNews, já está a dar que falar e as opiniões dividem-se. Enquanto que alguns indivíduos pensam que a ideia vai melhorar o turismo da região e aumentar a produtividade, outros acham que se o dinheiro fosse canalizado para a qualidade de vida dos residentes ou intervenções culturais a cidade poderia crescer melhor, a médio e longo prazo.

É também importante dizer que a ideia não surgiu na Eslovénia, mas sim em Bratislava, depois da rodagem do filme "Eurotrip". Foi assim criada, no início dos anos 90, uma fonte de cerveja. Porém, esta fonte não durou mais de um ano, para desagrado dos habitantes.

Publicidade

No entanto, apesar de estar numa fonte pública, não basta querer para provar esta cerveja. O ingresso custa cerca de 6,00€ e promove a degustação de várias cervejas típicas do país, a aprendizagem dos processos de fabrico e ainda a apresentação cultural dos processos da cervejaria da Eslovénia.

As redes sociais estão a ser invadidas por esta novidade e o turismo da região da pequena cidade de Zalec vai seguramente agradecer o investimento. Resta saber se outras cidades irão também aderir a esta iniciativa e criar um circuito de fontes insólitas que poderão ser visitadas percorrendo toda a Europa.