Todos os povos têm as suas manias e nem pensar que os portugueses fogem a esta regra! Somos um dos países mais velhos do mundo. Por isso, tivemos muito tempo para aperfeiçoar alguns hábitos estranhos e até para os passar aos mais novos. Assim, a pensar naqueles que podem ou não cometer algumas destas manias, a revista Vortex Magazine compilou os hábitos mais estranhos dos portugueses.

1 - A canja é o remédio santo para todos os males

Está com uma dor de cabeça horrível? Seguida de um ligeiro mal-estar na barriga? Sente que a constipação já lhe está a bater à porta? Provavelmente o primeiro conselho que lhe vão dar será para ir comer uma canja.

Publicidade
Publicidade

Todos os portugueses sabem que, se está constipado, o remédio santo e certinho é uma canja. Melhor mesmo só se for uma feita pela sua avó querida. Não duvide, em caso de doença, não há melhor solução que a tradicional canja.

2 - Só os portugueses podem falar mal do seu país

Portugal está uma miséria, não há trabalhos, os ordenados são péssimos e as condições de vida estão a piorar. Esta é a típica conversa de café dos portugueses. Mas cuidado, somente os portugueses podem falar mal! Caso se ouça algum turista ou estrangeiro a falar mal de algo, a queixar-se de como os passeios estão escorregadios ou do tempo que esperam numa fila para ir buscar um simples documento, imediatamente surgem os defensores da pátria! Os passeios estão escorregadios porque é a tradicional calçada portuguesa, são anos de história que estás a pisar! Muito tempo na fila? Habitua-te, as coisas são assim; só há duas senhoras a atenderem, porque as outras três estão na pausa do café, também merecem descansar!

3 - Portugueses têm opinião formada sobre tudo

A quem é que nunca aconteceu estar numa conversa já animada com um amigo e o senhor do café, que está sentado ao nosso lado, há já algum tempo a ouvir, decide meter-se e dar-nos o prazer da sua opinião? Ou então começar uma simples conversa de circunstância no hospital com o vizinho do lado sobre o tempo que vai ter de esperar? O engraçado é que esta mania passou para as televisões, que ganharam o triste hábito de enviar repórteres para a rua e fazerem perguntas à população.

Publicidade

É sempre muito bonito saber o que pensa a cabeleireira lá do bairro sobre a actual situação económica do país e quais são as medidas que devíamos adoptar para sair da crise.

4 - A imagem de um santo em casa

Numa boa casa portuguesa nunca pode faltar a imagem de um santo; ou na casa dos avós ou daqueles tios muito afastados que só os vemos no Natal. E quem se pode esquecer do tradicional quadro do “Menino da Lágrima”? São já recordações lendárias e motivo de alguma nostalgia quando nos cruzamos com elas no corredor em casa da querida avó.

5 - O mítico sinal de luzes na estrada

Passamos por uma operação stop mesmo à tangente! Só havia dois carros da polícia e já estavam ocupados com outros que tiveram azar! Decidimos fazer a boa acção do dia: avisamos os condutores com que nos cruzamos através de um simples sinal de luzes. Não há nada que mais irrite um português do que aquele receio no estômago ao ver uma operação stop, especialmente se é logo a seguir a um bom almoço na tasca da aldeia, onde se calhar abusou nos digestivos.

Publicidade

Temos que ser compadres uns para o outros, não é? #Curiosidades