A Comissão de Utentes do IC2 vai voltar aos protestos, com mais firmeza, depois de mais uma tragédia rodoviária naquela via, na tarde de sábado (25 de abril), e que provocou duas vítimas mortais. Segundo Frederico Sousa, pertencente à Comissão, e em declarações à imprensa, “as mortes podiam ter sido evitadas”. Sousa acrescenta: “Se as obras prometidas pela Estradas de Portugal tivessem começado no início do ano, nomeadamente em janeiro, isto podia ter sido evitado”, refere o responsável da comissão de utentes, sublinhando que a obra está “devidamente assinada no papel”.

Esta comissão de utentes quer que sejam garantidas todas as condições e medidas de prevenção para acabar com os sucessivos acidentes e que quase sempre resultam em tragédia para a região de Leiria. “No local da colisão frontal de hoje está previsto um separador central. O problema, e segundo Frederico Sousa, "é que falharam-se prazos da obra e o desfecho foram duas mortes”, referiu Frederico Sousa, que promete manifestação para “muito breve”.

A colisão frontal desta tarde, pouco depois das 15:30 horas na freguesia de Marrazes, concelho de  Leiria, fez duas vítimas mortais, casal de 74 e 73 anos, e dois feridos ligeiros que foram evacuados para o Hospital de Santo André, Leiria. Segundo a BT da GNR de Leiria, o acidente envolveu três viaturas ligeiras, precisamente no mesmo local (quilómetro 126 do IC2) onde em outubro uma pessoa perdeu a vida em sinistro rodoviário e que originou manifestação.

No entanto pouco ou nada foi feito. O final do ano foi novamente trágico no IC2 com vários acidentes e mais vítimas mortais.  Pai de 36 anos e filha de 14 anos sofreram um acidente mortal quando seguiam para a Serra da Estrela para se juntarem ao resto da família no dia 31 de dezembro, quando colidiram com veículo de mercadorias. Do acidente ainda resultaram feridos ligeiros. No dia anterior outro acidente havia ceifado a vida a um homem de 40 anos e um adolescente de 13 anos. Ambos eram ocupantes do mesmo carro, resultando ainda do acidente ainda quatro feridos, dois dos quais graves.  #Acidente Rodoviário