Uma comitiva com representantes dos 10 municípios que integram a Comunidade Intermunicipal da Região de Leiria vai rumar à Ilha do Fogo, em Cabo Verde, numa missão de solidariedade para com as vítimas da recente erupção vulcânica. A missão resulta da iniciativa de recolha de vestuário, calçado, bens alimentares e material escolar destinado à população desalojada da Ilha do Fogo. Juntaram-se, depois, outras entidades privadas da região que conseguiram angariar "cerca de 1 tonelada de vestuário, a que se juntaram 3 contentores com materiais de construção, nomeadamente cimento, telha de cerâmica e telha metálica". A agenda prevê, ainda, diversos encontros com membros do governo e dos municípios de Cabo Verde.

A ideia surgiu em Dezembro do ano passado quando uma erupção vulcânica na Ilha do Fogo, que durou 78 dias, provocou uma onda de destruição originando prejuízos de milhões de euros. A Comunidade Intermunicipal da Região de Leiria, que reúne os municípios de Alvaiázere, Ansião, Batalha, Castanheira de Pera, Figueiró dos Vinhos, Leiria, Marinha Grande, Pedrógão Grande, Pombal e Porto de Mós, lançou uma campanha de angariação de bens destinados à população da Ilha do Fogo. Uma iniciativa alargada a privados e empresas da região, tendo também o Centro de Informação Europe Direct da Alta Estremadura apoiado a mesma recolha.

O material recolhido já foi entregue à Embaixada de Cabo Verde, em Lisboa, que assegura o seu transporte para a Ilha do Fogo e a sua distribuição pelas vítimas desalojadas. Por outro lado, os representantes dos 10 municípios da região de Leiria partirão na próxima segunda-feira, dia 24. Para além de participarem nas acções de entrega dos bens e materiais, irão reunir com várias entidades e organizações, como é o caso da Ministra da Juventude, Emprego e Desenvolvimentos dos Recursos Humanos e da Associação de Municípios de Cabo Verde.

O objectivo daqueles encontros passa por estudar formas de cooperação em diversas áreas, sobretudo ao nível da educação. De referir que o Município de Leiria possui, desde 1994, um acordo de cooperação e amizade com São Filipe, um dos três concelhos que constituem a Ilha do Fogo, em Cabo Verde. #Causas