Um homem de 42 anos de idade, residente na zona de Lisboa, morreu esta madrugada, dia 29, quando o veículo em que seguia chocou contra um outro que circulava em contramão na Auto-Estrada do Norte (A1). O acidente deu-se poucos minutos antes da meia-noite desta terça-feira, 28 de Julho, ao Km 134,1 na zona de Lisboa. O automóvel em contramão era conduzido por uma mulher de 39 anos de idade, residente no concelho de Pombal, que terá alegadamente efectuado uma inversão de marcha. A mulher deverá ser presente ao juiz de instrução criminal de Leiria durante esta quarta-feira.

Segundo o que conseguimos apurar a condutora, de 39 anos de idade, emigrante e com residência na freguesia do Louriçal, no concelho de Pombal, no distrito de Leiria, com um nível de sinistralidade rodoviário elevado, terá entrado naquela que é considerada a principal auto-estrada do país no Nó de Pombal em direcção a Leiria (Sul). Alegadamente terá efectuado uma inversão de marcha fazendo com que passasse a circular em contramão. As autoridades receberam uma comunicação de que se encontrava um automóvel a circular em sentido contrário e accionou os meios com vista a interceptar o veículo, para além de ter comunicado à Brisa, concessionária da auto-estrada.

Cerca de três minutos após aquela comunicação foi dado o alerta para um acidente ao Km 134,1 da A1. Faltavam escassos minutos para a meia-noite de terça-feira, 28 de Julho. A condutora em contramão acabaria por chocar violentamente com um outro automóvel que seguia no sentido Norte-Sul, na sua faixa de rodagem.

Do choque resultou a morte do condutor do veículo, um homem de 42 anos de idade, residente na zona da Caparica, região de Lisboa, e pai de dois filhos menores de idade. A condutora do automóvel que viajava em contramão sofreu ferimentos considerados leves e foi transportada para o Centro Hospitalar de Leiria.

No local do acidente estiveram 17 operacionais dos Bombeiros Voluntários de Pombal, do Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM) e da Guarda Nacional Republicana (GNR), autoridade policial que tem a seu cargo a investigação para apurar as causas do violento acidente. #Acidente Rodoviário