Um homem de 68 anos foi esta quinta-feira, 7 de janeiro, encontrado morto na Basílica Santíssima Trindade, em Fátima. O sexagenário era natural de Ribeira de Fráguas, Rio Maior, e ter-se-à suicidado entre as 09h15 e as 09h30, usando uma arma de fogo. Os seguranças do Santuário surpreenderam-se ao ouvir um disparo e depois encontraram um homem estendido no chão.

O Santuário comunicou o encerramento da Basílica ao público devido ao sucedido, lamentando profundamente esta morte. Acrescentaram ainda que à hora que tudo ocorreu, ninguém se encontrava na Basílica à excepção dos seguranças do templo, que ocorreram de imediato ao disparo, mas a vítima já agonizava. Limitaram-se então a chamar os bombeiros e a GNR. Segundo o Jornal de Notícias, as equipas do INEM ainda tentaram as manobras de reanimação, mas nada puderam fazer. Assim, a Basílica estará encerrada até terminarem as diligências das autoridades, contando com a presença da Polícia Judiciária.

As celebrações do templo foram transferidas para a Capela da Morte de Jesus, um piso abaixo. O Santuário acrescenta ainda, que irá orar pela alma deste irmão, que procurou a sua passagem na casa do Altíssimo, para que assim descanse em paz. Lamentando a ocorrência o Santuário enviou os seu pêsames à família deste irmão. Até ao momento são desconhecidas as causas que terão levado o sexagenário a terminar com a sua vida.

Acontecimento negro no Santuário de Fátima em 1982

Em 1982, houve outro acontecimento negro em Fátima: uma tentativa de homicídio ao Papa João Paulo II, naquela que seria a primeira visita do Pontífice a Portugal. O homicídio foi tentado por Fernandez Krohn, um jovem espanhol vestido de padre, com um punhal. Este indivíduo pertencia a uma comunidade opositora ao Vaticano, apesar de serem católicos. Fernandez foi condenado por tentativa de homicídio e expulso de Portugal em 1985. A segunda tentativa de atentado ao Papa aconteceu um ano após João Paulo II ter sido atingido por uma bala na Praça de São Pedro, em Roma. #Tragédia