Na localidade de Embra, concelho de Marinha Grande, distrito de Leiria, uma caixa multibanco foi furtada de um posto de abastecimento de combustível. No local do incidente é possível ver os vestígios dos explosivos e do que aconteceu durante a madrugada desta quinta-feira, 15 de setembro. 

Bruno Soares, da PSP de Leiria, referiu que, apesar da hora do furto ser incerta, eram cerca das 5 horas da madrugada quando tiveram conhecimento da ocorrência. Neste momento, ainda não se sabe ao certo o montante que os assaltantes terão levado. 

De acordo com o porta-voz da PSP, a #Polícia Judiciária foi chamada ao local para tomar as devidas medidas e precauções, uma vez que se suspeita que foram utilizados explosivos no assalto. 

Bruno Soares refere ainda no comunicado divulgado pelo Notícias ao Minuto que até à data não existem registos de situações idênticas na área da Polícia de Segurança Pública de Leiria.

Outros assaltos a caixas de multibanco 

Em julho de 2016, em Algés, três indivíduos explodiram uma caixa multibanco e colocaram-se em fuga com um montante desconhecido, segundo noticiou na altura o site do Diário de Notícias.

Dois meses mais tarde, na Avenida Dr. Francisco Luís Gomes, Olivais, cerca das 5 horas da madrugada outra caixa multibanco foi assaltada por um grupo de pessoas. De acordo com a PSP de Lisboa, o grupo de indivíduos levou a caixa num carro, desconhecendo-se exatamente a quantia furtada.  

Na Póvoa de Santa Iria, Vila Franca de Xira, dois indivíduos fugiram após roubar uma caixa multibanco. A caixa encontrava-se no exterior de um estabelecimento de comércio e foi levada às 04:24 da madrugada. Mais uma vez não se sabe o montante levado pelos assaltantes. A parede onde se encontrava o ATM ficou completamente destruída. Para além disso, as lojas que se encontravam próximas ficaram com os vidros partidos. Segundo testemunhas que se encontravam no local, os dois assaltantes puseram-se em fuga num carro Audi A4 que seguiu em direção a Vialonga. A Polícia Judiciária ficou com a ocorrência para investigar.  #Crime