Um aparatoso despiste ocorrido esta tarde, dia 3 de Janeiro, na estrada que liga São Pedro de Moel à Marinha Grande, provocou dois feridos ligeiros. Apesar do aparato, e mesmo tendo sido necessário recorrer ao desencarceramento, as duas vítimas apresentavam apenas ferimentos ligeiros. Este é mais um #Acidente a engrossar a vasta lista de incidentes ocorridos nesta malograda estrada, onde já várias pessoas perderam a vida nos últimos anos.

Este acidente ocorreu apenas quatro dias depois de outro, na Estrada Atlêntica, que liga a Praia das Paredes a São Pedro de Moel, ter provocado um morto e um ferido grave. Alberto Ferreira, de 49 anos, empresário do ramo dos moldes, não resistiu aos ferimentos causados pelo despiste da sua potente viatura, tendo-se registado ainda, um ferido grave, de 39 anos, que foi transportado para o Hospital de Santo André, não se conhecendo ainda pormenores sobre a sua situação clínica.

GNR faz balanço da operação Natal e Ano Novo

Ainda a este respeito, e embora sendo ainda os dados provisórios, a Guarda Nacional Repúblicana já fez um primeiro balanço da operação de Natal e fim-de-ano, sendo certo para já, que em 2016, neste período, existiram mais acidentes do que os verificados no ano anterior.

Com os números oficiais apenas a serem conhecidos na próxima quarta-feira, porém, já são conhecidos alguns números, relativos ao período entre 20 de Dezembro de 2016 e 2 de Janeiro de 2017. Este balanço conta para já com 8 mortos e 1245 acidentes, não sendo no entanto conhecidos os números de feridos ligeiros e graves, algo que só amanhã deverá ser conhecido.

Desta forma será possível fazer um balanço mais elaborado dos números, assim como tentar fazer o exercício de compreender as causas de muitos destes acidentes, sendo que nesta altura do ano, muitas das vezes, as causas que levam a estes fins trágicos estejam relacionadas, para além das eventuais más condições atmosféricas, a excessos de velocidade e de conduções perigosas sob o efeito de bebidas alcoólicas. #Polícia #Bombeiros