É a primeira rádio de miúdos para miúdos em Português. Mafalda, Matilde e Catarina são as locutoras desta emissão. Mas ao todo são sete. De segunda a sexta-feira, entre as 14h e as 16h, estão em direto do Bombarral, do distrito de Leiria, para todo o mundo. O projeto nasceu há um ano pelas mãos da cantora e professora de música Verónica Milagres: “Temos alguns miúdos que fazem emissões connosco, aqui no estúdio, como estas três meninas, e mais quatro #Crianças noutros dias e que vão aos 10 aos 15 anos”.

Entre nervosismo e excitação, Mafalda, Matilde e Catarina seguem com a emissão. Para Matilde, é importante existir uma rádio como esta “porque normalmente os miúdos não gostam de ouvir as notícias que passam nas estações normais que são mais para adultos, mas nesta rádio eles gostam de ouvir as notícias, porque é dedicada a eles”.

Publicidade
Publicidade

Mafalda diz que “é uma sensação muito boa fazer rádio e estar a falar para outras pessoas do mundo”. Catarina, que tem vários familiares fora, conta: “Assim todos eles podem ouvir-me”.

“Um dos grandes objetivos desta rádio é ajudar as crianças, os pais e professores portugueses e lusodescendentes que vivam lá fora a não perder o contacto com a língua e com a cultura”, revela Verónica Milagres.

Também há correspondentes em Beja, Tomar, Setúbal, Lisboa e até no estrangeiro, como em Cabo Verde e Reino Unido. O próximo passo é conquistar jovens locutores da Invicta: “Gostávamos muito de ter correspondentes no Porto. Para fazerem uma pequena reportagem, basta falarem connosco e depois com um telemóvel gravam a entrevista que gostariam de fazer, tiram uma ou mais fotografias e enviam para nós”.

Publicidade

Ouvida em mais de 100 países

A rádio online é ouvida em mais de 100 países dos cinco continentes. Os jovens radialistas já entrevistaram o Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, e o Ministro da #Educação,Tiago Brandão Rodrigues. Nem sempre tudo corre bem, mas o importante é a aprendizagem e a diversão.

No comando da produção está João Pedro Costa, jornalista que já trabalhou em vários rádios nacionais, na RTP e também Euronews: “O objetivo é ter a emissão a funcionar 24 horas por dia em direto e essas 24 horas queremos que sejam ocupadas com programas com miúdos, queremos que sejam eles a fazer os programas e que eles tenham a possibilidade de manobrar a grelha”.

A Rádio Miúdos não é só para crianças, mas também pais, e educadores. Já ganhou um prémio de 10 000€ da Fundação Calouste Gulbenkian e outro de 3000€ da Comissão Europeia. Fora do estúdio também realiza workshops e eventos para garantir o financiamento do projeto. O próximo passo é angariar patrocínios. #Ensino