Com o verão antecipado que se tem vivido nos últimos dias, as #Praias de norte a sul de Portugal são cada vez mais um destino de eleição de milhares e milhares de portugueses e estrangeiros que procuram desfrutar da beleza ímpar da nossa costa. No entanto, com a ausência ainda de meios de socorro nas praias, nos últimos dias têm-se multiplicado os casos de mortes e alguns sustos à beira-mar.

Depois de um fim-de-semana fatídico, em que morreram quatro pessoas nas nossas praias, esta quarta-feira (3 de Maio) ficou novamente marcada por um episódio em que estiveram em perigo vidas humanas, mas desta vez com um final feliz.

Tudo aconteceu cerca das 15:40 desta tarde, quando dois surfistas de nacionalidade escocesa se viram em dificuldades para sair do mar, na Praia das Paredes da Vitória (Pataias), no concelho de Alcobaça.

Publicidade
Publicidade

Perante a dificuldade dos jovens, e apercebendo-se da gravidade da situação, os populares chamaram as autoridades, as quais tiveram uma resposta pronta e eficaz. O Porto da Nazaré accionou de pronto um plano de salvamento e, dada a proximidade geográfica das duas praias, foi rápido o socorro por parte dos elementos do Instituto de Socorros a Náufragos, que cerca das 16:15 já tinham conseguido proceder ao resgate, com sucesso. Ambos foram conduzidos para o Porto da Nazaré, sem mazelas maiores, apenas cansados devidos ás fortes correntes.

Esta é uma praia muito frequentada por surfistas, existindo inclusive uma loja e escola de surf. e onde cada vez mais o Surf é visto como uma mais valia para a economia local, à semelhança do que já acontece na Nazaré e Peniche.

Em Maio, praias portuguesas já somam quatro mortes

E se o episódio desta tarde teve um final feliz, o mesmo não se pode dizer do que sucedeu no passado fim-de-semana, com as praias portuguesas a contabilizarem quatro mortes.

Publicidade

Na praia da Nazaré, um casal de turistas espanhóis, de 75 e 77 anos, foram apanhados na rebentação das ondas, e acabaram por falecer. Mais a norte, na Póvoa do Varzim, também uma mulher de nacionalidade estrangeira acabou por ser arrastada por uma onda, não tendo sido possível o seu salvamento com vida. Uma quarta situação acabaria por acontecer na zona da Costa da Caparica, na Praia da Rainha. Aqui, três pessoas foram resgatadas da água, sendo que uma delas, que terá tentado as outras duas, acabou por entrar em paragem cardio-respiratória e não resistiu. #Leiria