Onze residentes de Campo de Ourique e os onze #Filmes que estes escolheram como os filmes mais marcantes da sua vida, serão exibidos durante onze segundas-feiras no projecto Cine Padaria, no âmbito cultural do Movimento campOvivo, na recentemente recuperada e centenária Padaria do Povo, na Rua Luis Derouet. Este projecto celebra não só o bairro de Campo de Ourique, mas o #Cinema, projectando filmes num "território pessoal e social".

"Os filmes das nossas vidas" foram escolhidos por indivíduos diversos, desde comerciantes a deputados, passando por uma associação de reformados, actores, músicos e até mesmo um padre - entre habitantes anónimos e mais mediáticos. Estas pessoas e os filmes que elegeram dão origem a uma programação diversa, com escolhas que começaram a 26 de Janeiro no Johnny Guitar e acabam a 6 de Abril com o Leopardo de Visconti, passando pela Vida de Brian dos Monty Python e pelo Crimes e Escapadelas do Woody Allen (em exibição hoje, 9 de Março). Esta diversidade de filmes revela a diversidade dos moradores do bairro de Campo de Ourique.

Este ciclo foi pensado de modo a envolver as pessoas do bairro na programação, divulgação e animação do mesmo, pegando em experiências e estilos de vida diferentes, que têm em comum a residência em Campo de Ourique, cruzando assim culturas e experiências.

Os habitantes de Campo de Ourique começaram a ser sondados para este projecto em finais de Outubro de 2014 por elementos do Cine Padaria, tendo sido inquiridos sobre os três filmes que marcaram as suas vidas. Dentro das possibilidades e recursos na obtenção dos filmes para os poder projectar em público, foram seleccionados aqueles que fazem parte da programação final, que se pode consultar no Facebook da Cine Padaria.

Todas as segundas feiras às 21.00h, estas sessões são precedidas de uma apresentação breve do filme, de cerca de vinte minutos, na qual é justificada a preferência do filme (ou dos três filmes originalmente escolhidos) e durante a qual os espectadores podem intervir e participar.