O vencedor do concurso do FabLab veio inovar o Largo do Independente em Lisboa. O vencedor do concurso é Pierre Perissinotto, um informático Belga, que decidiu desenhar o 'Urban Umbrella'. Este projecto inovador veio dar uma nova vida aos candeeiros do Largo e tornar a zona mais apetecível, tanto em dias de chuva como de sol. O laboratório municipal de fabricação digital promoveu há cerca de 4 anos um concurso de ideias que previam a elaboração de protótipos. Ao ver o cartaz do mesmo, o informático, que na altura tinha 37 anos, decidiu que era uma boa aposta e, sem querer estragar a beleza natural do espaço do Largo do Independente, surgiu com uma ideia que permite que o mesmo possa ser frequentado em qualquer altura do ano.

O 'Urban Umbrella' utiliza a estrutura dos candeeiros de iluminação do Largo, para fixar chapéus que produzam sombra no verão, e que também protejam da chuva no Inverno. Para não estragar a paisagem do Largo do Independente as estruturas serão completamente transparentes, e poderão ser manipuladas pelos transeuntes, que podem abrir e fechar as mesmas sempre que acharem conveniente ou necessário. Estas estruturas vão movimentar-se através de movimentos circulares e espirais, e vão estar elevados até cerca de três metros para permitir que sejam também utilizados para colocar cartazes de eventos, e também suportar fotografias.

Apesar de ainda não existir uma data fixa para a implementação dos 'Urban Umbrella', a indicação é que a Câmara Municipal de Lisboa pretende que os mesmos estejam prontos num prazo de três anos, para que desta forma possam acompanhar o crescimento das árvores do Largo do Independente.

Relembra-se que as dez melhores ideias que participaram neste concurso estiverem em votação até há alguns dias, e que o financiamento do mesmo está nas mãos do laboratório municipal de fabricação digital e da Câmara Municipal. Os três primeiros vencedores receberam prémios monetários que vão de 500€ até aos 1500€. Os restantes participantes receberam uma menção honrosa, juntamente com a possibilidade de verem as suas ideias ganharem forma num outro ponto da cidade. #Ambiente