Poderá ter sido a festa da conquista do título do Benfica boicotada por alguns adeptos do #Sporting? Até hoje, nada fazia prever que o arremesso de pedras, que acabou por causar o término das celebrações, poderia ser obra de um grupo organizado. Contudo, analisando com profundidade vários vídeos dos desacatos, é possível identificar adeptos leoninos presentes na festa do bi-campeonato do seu rival.

Vestido de vermelho, mas com os calções do clube de Alvalade. Será um amante dos dois clubes da capital ou então um adepto leonino “disfarçado”? Através das imagens, é possível ver um jovem a atirar pedras contra os polícias, tal como muitos outros, porém este tinha roupa pouco condizente. Para além disso, mais tarde, surgiram nas redes sociais imagens publicadas por adeptos do Sporting a agradecer à PSP e aos seus colegas por terem terminado mais cedo a festa do título do seu rival. Terá esta acção sido planeada?

Normalmente as festas de celebrações de campeonatos duram para lá das cinco da manhã, contudo esta não passou da uma e meia. Se no ano passado nenhuma perturbação de maior foi apontada aos adeptos benfiquistas, desta vez uma chuva de pedras contra a multidão e polícias levou ao término repentino e violento da festança no Marquês de Pombal, em Lisboa. O resultado foram vários detidos, mas muitos mais feridos e um episódio que em nada beneficia o nome de Portugal no estrangeiro. Os culpados são, até agora, desconhecidos, mas cada vez mais adeptos do #Benfica apontam o dedo a alguns simpatizantes do clube rival.

Caso tal seja verdade, seria a primeira vez em Portugal que tal aconteceria. Se de facto se vier a confirmar que alguns adeptos leoninos fizeram de propósito para estragar a festa do Benfica de uma maneira bárbara e doentia, o menos culpado e, provavelmente, o mais prejudicado de toda esta situação será o Sporting. Pois o clube não tem culpa que dezenas de delinquentes gostem e vistam o equipamento do conceituado clube quando vão cometer os seus actos condenatórios.