Um homem indiano invadiu a casa da ex-mulher e atacou a jovem mãe e o seu filho. Depois de um casamento assombrado por diversos casos de #Violência doméstica, a ex-mulher do agressor decidiu afastar-se do marido e foi morar para uma residência em Lisboa. Contudo, o homem conseguiu arranjar uma cópia da chave e agrediu a ex-mulher, que tinha o filho ao colo, com um spray tóxico, na tentativa de os matar. Ambos desmaiaram, mas estão agora livres de perigo, avança o Correio da Manhã. Na semana passada, o homem foi detido e está agora em prisão preventiva.

Numa atitude corajosa, uma jovem mãe, de 24 anos, resolveu sair da casa do seu marido com o seu filho, depois destes terem sido ameaçados de morte pelo homem de 35 anos e terem sofrido várias vezes violência doméstica, como noticia o Correio da Manhã. Apesar do esforço da jovem em fugir ao pesadelo, visto que esta terá sido forçada pela sua família a casar com este homem, as ameaças passaram aos actos e o homem invadiu a moradia da ex-mulher, atacando-a a esta e ao seu filho com um spray altamente tóxico, levando a que estes ficassem feridos com gravidade e tenham desmaiado de imediato.

O macabro episódio aconteceu a 12 Junho numa residência em Lisboa, mas só depois de vários mandatos de detenção o homem foi finalmente detido, praticamente um mês depois do incidente, avança o Correio de Manhã. O detido, de origem indiana, está indiciado por dois crimes de violência doméstica, para além das várias ameaças de morte que fez à sua ex-mulher.

A Procuradoria-Geral de Lisboa declarou que o agressor se encontra agora em prisão preventiva, pois considera que o homem poderá colocar a ex-mulher em perigo. Para além disso, está também proibido de contactar ou estar com o seu filho, depois de o ter tentado matar com um spray tóxico. Depois de vários dias de tratamento, ambos conseguiram sobreviver e esperam agora ter uma vida feliz, longe do pesadelo que infelizmente ainda assombra milhares de famílias em Portugal: a violência doméstica. #Crime