Um jovem de 22 anos morreu na madrugada deste sábado ao cair ao rio Tejo, junto às Docas de Lisboa. O acidente ocorreu após uma noite de diversão num dos estabelecimentos de diversão nocturna da zona. A vítima ainda foi socorrida pelo Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM), mas não resistiu. De acordo com o jornal Sol, a Polícia Marítima está a investigar, mas os primeiros indícios não revelam suspeitas de crime.

Tudo aconteceu já depois das 05h00, quando o jovem caiu ao rio Tejo, depois de ter passado a noite num bar das Docas de Lisboa, uma das zonas mais procuradas da cidade para diversão nocturna. A vítima estava acompanhada por amigos que deram o alerta a um vigilante da zona, pelas 05h40. De imediato, a informação do desaparecimento do jovem nas águas do rio Tejo foi transmitida à Polícia Marítima da Capitania do Porto de Lisboa.

O jovem foi retirado da água ainda com vida por um amigo que o acompanhou na noite de diversão. O INEM esteve no local a prestar os primeiros socorros, tendo realizado manobras de reanimação. A vítima foi transportada para o Hospital São Francisco Xavier e foi já nessa unidade hospitalar que foi os médicos declararam o óbito.

A Polícia Marítima foi chamada a investigar o caso, mas adianta que não há indícios que apontem para a possibilidade crime. A investigação das autoridades aponta para que a queda do rapaz, de apenas 22 anos, tenha sido um acidente infeliz e fatal. A identidade do jovem não foi revelada pela Polícia.

As Docas de Lisboa, nascidas nos anos de 90 do século XX dos antigos armazéns da Doca de Santo Amaro, entre Alcântara e Belém, são uma das zonas mais procuradas para a diversão nocturna. Junto ao rio Tejo e com vista privilegiada para a Ponte 25 de abril, situam-se vários bares, discotecas e restaurantes muito procurados, principalmente, na época de verão. Os visitantes circulam entre os espaços interiores dos estabelecimentos de diversão e as esplanadas contíguas a uma marina. Apesar de não ser considerada uma zona problemática, as autoridades já foram chamadas a intervir em distúrbios ou acidentes por diversas vezes. #Afogamento