Entre 29 de outubro e 2 de novembro, a capital portuguesa dá a conhecer e a provar os sabores únicos da região de Trás-os-Montes. A cidade vai acolher a campanha #Eu provo Trás-os-Montes, lançada pela Comissão Vitivinícola da região para a promoção dos seus produtos regionais. Haverá queijos, doces conventuais e vinhos para degustar em atividades gastronómicas de cinco estrelas. Alia-se a esta programação uma diversidade de atividades com o intuito de dar a conhecer a região transmontana de uma forma global.

O presidente da Comissão Vitivinícola Regional de Trás -os-Montes explica num comunicado enviado à imprensa que esta será "uma mostra da Região de Trás-os-Montes em Lisboa, que tem como objetivo ampliar a participação da região no Encontro com o Vinho e Sabores 2015". Francisco Pavão afirma ainda que querem "aproveitar o momento forte do calendário do setor para levar até aos consumidores um cardápio de sabores tipicamente transmontano".

As atividades iniciam-se com um jantar, no dia 29, no Restaurante Viva Lisboa, no Neya Lisboa Hotel. Com a assinatura do Chef Pedro Almeida e sob a supervisão do chef Miguel Laffan (estrela Michelin), a proposta é saborear Trás-os-Montes à mesa, na companhia de um buffet de vinhos assinado por nove produtores da região. Na ementa gastronómica há polvo à transmontana com arroz malandrinho, bacalhau assado com pão de centeio, grelos salteados e puré de alho negro, posta à mirandesa, creme de castanha e chip de batata, finalizando com a  harmonia dos doces conventuais com referência de vários produtores. 

Para os amantes de uma boa refeição transmontana, as atividades estendem-se por mais restaurantes. Os sete espaços que aderem à  iniciativa e acolhem referências de 18 produtores que vão variando ao longo dos três dias são Viva Lisboa, Petit Palais, Olivier Avenida, K.O.B., Tabik, Sommelier e Este & Oeste. 

"Eu provo Trás-os-Montes" está integrado na 16ª edição do Encontro com o Vinho e Sabores 2015. O evento será realizado no Centro de Congressos de Lisboa, nos dias 30 e 31 de outubro e 1 e 2 de novembro, sob a tutela da  Comissão Vitivinícola Regional de Trás-os-Montes (CVRTM). A entrada para crianças até aos 12 anos de idade é gratuita e os adultos pagam dez euros. A feira é aberta ao público em geral, estando entretanto reservada na segunda-feira para profissionais do setor. 

A Comissão Vitivinícola Regional de Trás-os-Montes conclui que este é apenas o início do desenvolvimento da campanha que pretende até ao final do ano levar aos principais centros urbanos algumas ações de prova de vinhos e produtos transmontanos.  #Culinária #Gastronomia