A falta de chuva na zona sul da Madeira começa a ser preocupante. Estamos praticamente no final de um Inverno muito frio, mas por outro lado muito seco, onde a chuva esteve ausente. O sector agrícola olha com muito pessimismo para os meses que ai vêm e a esperança depositada nas chuvas de Março e Abril começam a desaparecer. Com o mês de Março a caminhar a passos largo para o seu término, os agricultores aguardam, impacientemente, por alguma chuva no mês de Abril, conhecido por ser o mês da chuva, ao qual normalmente esta associada a frase "Abril aguas mil".

Numa ilha com uma área a rondar os 800 quilómetros, em termos climatéricos existem praticamente duas estações, contrastando o verão quente com um inverno temperado. As temperaturas normalmente são superiores a 18 graus e a média anual superior a 25 graus. Um clima propício a boa agricultura e com terrenos férteis, onde, neste momento, a lacuna mais grave é a falta de água, especialmente da chuva. Normalmente no mês de Março assistimos aos primeiros rebentos das plantas, que anunciam o chegar da primavera, que por sinal "chegará atrasada", devido à falta de chuva e a temperaturas baixas para esta altura do ano.

Muitos agricultores preveem um ano mau, especialmente para as plantas que requerem maior regadio, outros dizem que o ano será bom em termos de qualidade mas péssimo na quantidade. Existem culturas que produzem com melhor qualidade com temperaturas altas e com pouca água, como é o caso de algumas vinhas e as canas-de-açúcar. Por seu lado, a banana, que é um dos grandes produtos cultivados, depende muito de água, onde a falta de água ou uma rega deficiente pode ter consequências graves no produto.

Neste momento os agricultores nada podem fazer relativamente à falta de chuva. A gestão adequada por parte da entidade que tutela a água de regadio será fundamental para este sector que se encontra débil e é muito dependente de terceiros. A gestão da água deve ser feita com o intuito de garantir ao agricultor uma rega em períodos inferiores a 15 dias, sendo que para muitas das plantas estes períodos são o limite que podem estar sem água. #Natureza