Os One Direction são uma "boys-band" de origem britânica, que se tornou um dos maiores sucessos da música a nível global na segunda década do século XXI. Composto por 5 cantores nascidos na primeira metade dos anos 90, o grupo adoptou um estilo pop romântico, com influências do dance, do electropop e do rock, e direcionado para público da sua faixa etária, marcadamente feminino. A sua formação original incluía os jovens Liam Payne, Louis Tomlinsom, Niall Horan (irlandês), Harry Styles e Zayn Malik. Este último abandonou a formação em Março de 2015 para prosseguir uma carreira a solo.

Se o fenómeno musical Justin Bieber nasceu no Youtube, os One Direction nasceram no "The X Factor", o programa televisivo em formato de concurso "reality-show", transmitido originalmente no Reino Unido e contando com Simon Cowell no elenco de juízes. Foi de Cowell e da juíza e cantora Nicole Scherzinger a iniciativa, durante o programa, de propor aos 5 rapazes - que haviam concorrido individualmente - que participassem em grupo. Apesar de terem terminado no 3º lugar da edição de 2010 de "The X Factor", os jovens assinaram um contrato com a editora de Simon Cowell, sendo projectados para o estrelado. Em 2011, o álbum de estreia "Up All Night" foi o mais vendido no Reino Unido.

O projecto One Direction surgiram na esteira do sucesso musical "adolescente" de Justin Bieber, nem sequer escondendo a sua admiração pelo cantor canadiano. O jornalista musical Neil McCormick sugeriu que Bieber veio provar que, depois de um longo período em que o perfil do rebelde "bad boy" parecia assentar melhor à música mainstream, voltava a existir espaço para os "meninos bem comportados". Neste sentido, os "1D" seriam como que 5 novos "Biebers", cada um com as suas próprias singularidades em termos de correspondência com os gostos do público feminino adolescente.

De forma idêntica, e à imagem dos "beliebers" de Justin Bieber, cunhou-se o termo "directioners" para designar as fãs dos "1D", acompanhando não apenas as novidades musicais mas também todas as notícias em torno das vidas dos cantores, fosse a "novela" em torno da saída de Zayn Malik, os namoros ou até o anúncio da paternidade de Louis Tomlimson com uma mulher com a qual não havia assumido uma relação prévia. Esta paternidade e um certo cansaço depois de vários anos de uma carreira esgotante podem ter ajudado a determinar uma pausa nas gravações e tours do grupo britânico, que já prometeu, porém, um grande regresso em 2016.