Selena Gomez, actriz, cantora e também designer de moda, é um dos nomes mais mediáticos da cena artística e musical, principalmente entre o público da sua geração. Nascida nos Estados Unidos em 1992, iniciou os seus primeiros trabalhos como actriz durante a infância. A sua fama surgiu com o papel de protagonista na série adolescente “Os Feiticeiros de Waverly Place”, cuja primeita temporada foi lançada pela Disney em 2007, e emitida em Portugal no canal Disney Channel. Em 2013 lançou-se na música, com o disco Stars Dance. Já antes, no início da segunda década deste século, havia lançado uma linha de moda e um perfume.

Polivalência

Selena aproveitou da melhor forma a notoriedade conseguida com a série “Waverly Place” para se lançar firmemente no cinema. Maturando os seus talentos de representação, participou em filmes de sucesso como “Ramona and Beezus” (2010) e “Monte Carlo” (2011). Do currículo consta também em “Hotel Transylvania” e “Hotel Transylvania”, onde faz um papel apenas em voz off. O reconhecimento do seu estatuto veio em 2015 com a participação na versão americana de “The Voice”, onde faz parte do quadro de mentores dos participantes.

Relação com Justin Bieber

A fama e o reconhecimento mundiais de Selena cresceram exponencialmente depois de se tornar, em 2011, namorada de Justin Bieber, reconhecidamente maior ícone da música pop da sua geração. Não sendo uma ilustre desconhecida da cena artística, Selena ganhou maior exposição junto dos “beliebers”, os fãs do cantor canadiano, e da mesma Bieber beneficiou ao captar o interesse dos mais genuínos fãs da texana. Entre 2011 e 2013, o jovem casal foi um dos romances com maior notoriedade, ao ponto de o fenómeno de popularidade mediática granjear uma alcunha própria: “Jelena”, agregando “Justin” e “Selena”.

Após a primeira separação em 2013, o casal não mais voltou a manter uma relação estável, pesem as constantes reaproximações, rumores e gestos públicos de carinho, nomeadamente através de fotos e vídeos nas redes sociais. “Jelena” continuou a ser um forte tema de conversa até que, em 2015, ambos assumiram a ruptura definitiva – embora continuem os rumores sobre um eventual regresso. Crê-se que o comportamento errático de Bieber, que atravessou uma fase em que pareceu não estar a saber lidar com a fama, terá contribuído para a separação.

Contudo, ao contrário de outras figuras mediáticas, Gomez consegue preservar a sua vida privada – ainda que não fuja totalmente às objectivas dos papparazi. Só em Outubro de 2015 revelou publicamente ter sofrido de lúpus e ter-se submetido a tratamentos de quimioterapia para combater a doença.