Conhecido como "poesia em movimento" por sua plasticidade, o Tai Chi Chuan vem atraindo adeptos em todo o mundo. Muitos o praticam, mas poucos o conhecem. Se praticado corretamente, o Tai Chi Chuan aumenta o nível de energia do corpo, canaliza a energia exterior para o interior distribuindo-a harmoniosamente e consequentemente aumentando a saúde física, emocional e mental, ou seja equilibrando nosso organismo.

Esta prática proporciona saúde, agilidade, equilíbrio, clareza mental e força interior. Na China procura-se manter corpo e mente saudáveis para assim evitar as doenças ou acelerar sua cura. No Ocidente, procuramos tratar as doenças com remédios e acreditamos que práticas como o Tai Chi Chuan e a Yoga, por exemplo, são estritamente métodos de relaxamento.

Publicidade
Publicidade

Não percebemos que justamente este relaxamento é a chave para se canalizar a energia que o corpo necessita para o combate às doenças.

Muitos o praticam como uma dança, algo somente plástico e artístico e não conseguem alcançar os seus reais benefícios, embora consigam equilíbrio, agilidade, disposição e até paz interior, não usufruirão dos seus reais benefícios à sua saúde.

O Tai Chi Chuan foi criado originalmente para o combate, é uma arte marcial eficaz, utiliza a energia do oponente contra ele mesmo, partindo do sábio princípio de nunca atacar, sempre defender-se, ou seja, o praticante de Tai Chi Chuan não é um fanfarrão à procura de demonstração de força, ele mantêm-se passivo e calmo, mas conhece todos os movimentos para defender-se de um ataque com destreza e precisão.

Quem vê seus movimentos lentos e graciosos engana-se ao achar que não é uma luta.

Publicidade

Como diz o grão-mestre de Kung-fu, Wong Kiew Kit no seu livro " O livro completo do Tai Chi Chuan - Um manual pormenorizado dos seus princípios e práticas":

_"No Tai Chi Chuan é a quietude que governa os movimentos. Quando um praticante se move, é como se ele estivesse parado. É por isso que no Tai Chi Chuan, quanto mais lento for o movimento, melhor."

Esta milenar prática, busca no Taoismo a sabedoria de que o flexível vence o rígido, partindo do princípio de que a água destrói qualquer obstáculo à sua frente. Ela é capaz de penetrar na mais fina rachadura, de contornar um obstáculo grande em seu caminho e fazendo isso, desgastá-lo com o tempo, apesar de toda a sua flexibilidade, nada a consegue deter.

Num mundo voltado para o materialismo, onde todos passam a vida correndo atrás do tão precioso "dinheiro", esquecendo-se de si mesmos, a saúde fica em último lugar. Vale lembrar das palavras sábias do Dalai Lama:

_ "O que mais me surpreende na humanidade são os homens, porque eles perdem a saúde para juntar dinheiro, depois perdem dinheiro para recuperar a saúde.

Publicidade

E por pensarem ansiosamente no futuro, esquecem do presente de tal forma que acabam por não viverem nem o presente nem o futuro. E vivem como se nunca fossem morrer, e morrem como se nunca tivessem vivido."

Apesar de muitos empresários já estarem a utilizar o Tai Chi Chuan para aumentar a vitalidade dos seus empregados, oferecendo aulas com Mestres em intervalos no expediente de trabalho, a corrida pelo dinheiro ainda é muito ingrata e suga a saúde daqueles que participam dela de alguma forma. Ainda existe a mentalidade de que no trabalho o empregado deve apresentar rendimento e não pensar em outra coisa, a não ser nos seus afazeres. Esta mentalidade sovina e ultrapassada, não percebe que oferecendo métodos alternativos para seus funcionários, visando o aumento de sua saúde física e mental, aumentará a produtividade de todos.

O Tai Chi Chuan cura e previne doenças, faz a mente ter clareza e faz-nos sentir a leveza do ser. É maravilhoso como terapia para o trabalho e para a vida;  quem o descobrir não conseguirá deixar de praticá-lo e se o fizer, será por um pequeno período, pois perceberá que seu corpo pedirá por mais.