Existem muitas situações onde o trabalho de recuperação muscular obtém melhor resultado se for dentro d'água. Casos que envolvem o sistema nervoso também são bem desenvolvidos na terapia com a água. Nosso corpo é em sua maior parte feito de água, cerca de 65% do corpo do homem e cerca de 60% do corpo da mulher, portanto, somos sim, seres da água. Só a título de curiosidade, aproximadamente 75% do peso de um músculo é composto por água e 95% do sangue é feito de água. Não há dúvidas de que sem água não existiríamos. Haja visto que nosso planeta tem sua maior parte, 71% de sua superfície, coberta por água em estado líquido. Dito isto, têm-se que entender o porquê de nos reabilitarmos mais facilmente, se utilizarmos a água em nossa fisioterapia.

Publicidade
Publicidade

A hidroterapia ou acquaterapia baseia-se em exercícios dentro d'água, em aulas individuais para aqueles que necessitam de atenção total e ajuda nos exercícios, e aulas coletivas para quem está tratando de algum problema "menos" grave. O aluno ou paciente em recuperação que a pratica sente-se mais seguro, dinâmico. A liberdade de movimentos alcançada dentro d'água é muito maior do que em exercícios fora dela. A leveza do corpo na água propicia maior elasticidade e condição motora para realização de movimentos praticamente "impossíveis" de serem efetuados em terra pelas pessoas que estão se reabilitando de algum acidente com fratura de ossos, ruptura muscular ou alguma lesão nervosa.

O estímulo da água quente, na temperatura de 34º, também é relaxante e ajuda a soltar a musculatura, de maneira que aquele indivíduo que está "travado", sente-se mais flexível dentro da água.

Publicidade

Falo deste assunto com certa propriedade, pois eu mesma atualmente me recupero de uma cirurgia utilizando a hidroterapia. Faço em grupo, e temos vários casos diferentes entre os que lá estão. Varia desde artrite, artrose, coluna, até perda de membros, recuperação pós acidentes traumáticos com perda de movimentação, deficiências neurológicas e atrofias musculares, além de melhoria cardiovascular e também da parte respiratória. Várias são as indicações para a prática da hidroterapia e também da hidroginástica, esta já com fins de melhorar o condicionamento físico, substituindo a academia ou completando a série de exercícios.

Pitágoras já recomendava o uso da água como terapia. Prescrevia a seus discípulos banhos frios e dieta vegetariana. Os benefícios da fisioterapia na água são muitos, inclusive contra distúrbios do sono, contra o stress e a ansiedade. Além de ajudar na cura de doenças, a hidroterapia previne contraturas musculares, fortalecendo os músculos e proporcionando maior flexibilidade, ajudando a alongar e descontrair.

Publicidade

Se você precisa de fisioterapia, fale com seu médico sobre a opção da hidroterapia, é realmente eficaz. Caso não necessite de fisioterapia, pode aproveitar a hidroginástica, que é uma alternativa de exercício para manutenção do peso e melhora de condicionamento físico. Se você gosta de água, aproveite, vale a pena.