O ponto cego é a causa de muitos acidentes no trânsito.

Bem, você está pronto para mais um dia de trabalho ou até mesmo saindo para a tão esperada viagem de férias. Sobe no carro, e lá vai rumo ao seu destino; tudo está correndo bem até que você se depara com mais um congestionamento "daqueles" das grandes cidades.

Diante de uma infinidade de carros, você tem a impressão de que está na fila mais lenta. Então, decide mudar de faixa, onde o tráfego esta andando mais rápido. Com toda a atenção e cautela olha para os espelhos retrovisores. O caminho está livre, então você começa a manobra, quando de repente você leva um enorme susto, pois, sem saber de onde, aparece uma moto ou até mesmo um carro que te dá uma bela fechada, e ainda, leva também um xingo e uma buzinada .

Publicidade
Publicidade

Mas, na verdade, o que aconteceu ?

Bem a culpa de tudo isso é do Ponto Cego do espelho retrovisor do carro, onde os espelhos mal ajustados impossibilitam de se ter o real campo de visão para a mudança de faixa com segurança. E todos nós sabemos que quanto mais se enxerga o que acontece à nossa volta enquanto dirigimos, menos chances de situações de risco se tem.

Mas então, como evitar o Ponto Cego do retrovisor?

De acordo, com especialistas, recomenda-se: 

  1. Regule os retrovisores laterais num ângulo de 90 graus, ampliando sua visibilidade.
  2. O retrovisor dianteiro deve ser regulado, de modo a dar a visão total da parte traseira.
  3. Não deixe objetos no porta pacotes traseiro mal acondicionados, atrapalhando o campo de visão.
  4. Evite ficar ao redor de veículos de grande porte como ônibus, caminhões, carretas...etc, pois os pontos cegos desses veículos são bem maiores, e se você não pode ver o rosto do condutor no retrovisor, ele também não tem como te ver. Sendo assim, no caso de uma ultrapassagem à direita ou mudança de faixa por parte desses condutores, o risco de um acidente é bem grande.
  5. Recomenda-se também manter uma certa distância e não permanecer muito tempo ao lado desses veículos.

As estatísticas apontam que, os acidentes não acontecem por acaso, mas sim, na sua maioria por falha humana e problemas mecânicos.

Publicidade

Portanto, devemos aplicar as regras da direção defensiva, dirigir com responsabilidade, atenção, não beber antes de dirigir. Podemos dessa forma, com simples cuidados, contribuir para baixar o número de acidentes que  muitas vezes são fatais.