Decorreu ontem uma manifestação em Barcelona contra a independência da Catalunha, que reuniu 38.000 pessoas, segundo dados oficiais. A manifestação ocorre no Dia da Hispanidade, feriado nacional espanhol que assinala a chegada de Cristóvão Colombo à América em 1492 (no mesmo ano em que foi fundada a Espanha moderna, com a união dos reis de Castela e Aragão). O número compara favoravelmente com as 30.000 pessoas que estiveram nesta mesma manifestação. A concentração centrou-se na Praça da Catalunha, ponto central da cidade condal, com o slogan "12 de Outubro, Espanha de Todos."

A organização do evento protesta contra a realização do referendo marcado pelo governo regional catalão para o próximo mês de Novembro, que classifica como ilegal - tal como o governo de Madrid e o Tribunal Constitucional espanhol já reafirmaram recentemente.

Publicidade
Publicidade

Os promotores da manifestação apontam o dedo a Artur Mas, presidente da Generalitat e principal rosto do independentismo, exigindo a sua demissão por ter falhado na sua tarefa e por querer desviar as atenções com a questão que, afirmam, não têm qualquer sentido. Os manifestantes opõem-se igualmente aos restantes partidos catalães que advogam a independência.

Entre os cânticos mais ouvidos incluíram-se "Espanha, Unida, Jamais Será Vencida", "Eu Sou Espanhol" ou "Não Nos Enganam, Catalunha é Espanha". De acordo com as autoridades, a manifestação decorreu sem incidentes de maior, apesar de existirem relatos de alguns encapuzados terem apedrejado um dos autocarros que traziam participantes para a manifestação. Por outro lado, o protesto incluiu um grupo de 200 integrantes de extrema-direita, que efectuaram uma peregrinação simbólica num local afastado da Praça de Catalunha (o Parque de Montjuic), onde queimaram bandeiras independentistas.

Publicidade

Os líderes deste movimento foram processador por incitamente ao ódio depois de, no ano passado, terem afirmado que seriam capazes de matar por Espanha.

O referendo declarado ilegal por Madrid e convocado pela Generalitat está marcado para o próximo dia 9 de Novembro.