Ontem foi um dia único para CR7. Após receber a mais alta distinção madeirense, o jogador inaugurou a estátua em sua homeagem na Praça do Mar. Confesso que foi bonito; é emocionante ver alguém imortalizado depois de morrer, mas mais bonito ainda é assistir a esse feito em vida. Isso significa que o triunfo e a glória ainda estão a meio do caminho. Cristiano Ronaldo tem muito sucesso pela frente e se houver recordes por bater, tenho a certeza que ele o fará.

Isto aconteceu logo após o jogador protagonizar uma situação caricata com Michel Platini, presidente da UEFA, durante a cerimónia de entrega de medalhas do Mundial de Clubes.

Publicidade
Publicidade

Eu cá não fiquei escandalizada. Ora, se estão constantemente a subestimar o valor de Ronaldo, é normal que ele não retribua com flores, mas sim com desprezo. O madeirense já provou que é bom no que faz. Com jogadas bonitas, com golos incríveis, com recordes sucessivos. Um verdadeiro colecionador de troféus. Só que existe uma necessidade extraordinária por parte dos senhores da Europa em julgar o que é português. Seja no #Futebol ou na política. O português não pode ser bom, ou se é bom não convém.

Cabe-nos a nós defendermo-nos como podemos. Nós, portugueses, temos espírito de conquistadores e há um lutador inabalável dentro de cada um de nós. Cristiano Ronaldo não precisa de prémios para sabermos que é o melhor no desporto-rei. O seu nome já está perpetuado nas páginas da História, aconteça o que acontecer.

Publicidade

O seu trabalho e dedicação são dignos do respeito dos portugueses e de todo o Mundo. Se os outros não conseguem ver, tudo bem. Ele terá sempre um país que o recebe de braços abertos. Seja no Sporting, no Manchester ou no Real Madrid. Pelo menos eu agora dou por mim a roer as unhas durante um jogo dos merengues, tudo só para ver o "nosso" Menino triunfar e calar as bocas alheias.

O 21 de Dezembro de 2014 será, a partir de agora, um dia especial para o "fenómeno". Resta-nos agradecer a CR7 por defender tão bem o nome do nosso país. Mesmo quem o critica cá dentro sabe que ele nos representa à escala mundial. Já não se fala de Portugal sem se falar de Ronaldo. Um nome que agora será eterno numa estátua ali na ilha da Madeira.