Em conversa com uma adolescente perguntei: Para ti, o que é ser pobre? Ao que ela me respondeu: Ser pobre é não ter dinheiro, não poder comprar o que quero porque não sou rica. Fiquei pelo menos 2 minutos a assimilar esta resposta e o meu cérebro deu luz verde ao prosseguimento da conversa. A verdade é que isto veio para casa comigo e o pior de tudo é que este não é apenas o pensamento de adolescentes, é também a ideologia de muitos adultos. Em 24 anos aprendi que ser pobre economicamente também tem as suas vantagens. Não tive direito a game boys nem a telemóveis, não tive direito a ter computador antes dos 16, tinha direito a uns trocos para comprar mais uns metros de elástico, porque o antigo rebentava com tanto uso.

Publicidade
Publicidade

Hoje dou valor às coisas, ao trabalho, ao esforço e à dedicação que emprego nas coisas, para que as consiga atingir. Dou valor à educação que me deram, não passo por cima de ninguém, não engano ninguém, nem faço vida a roubar outras pessoas. Tudo isto são valores cada vez mais em "vias de extinção" nesta nossa sociedade moderna, neste nosso século XXI que está tão perto do abismo e tão longe do progresso de valores.

Não tive direito a roupas nem ténis de marca, mas recebia roupas novas nas festas que marcam um ano, fossem elas de carácter religioso ou festivo. Já com alguma idade, tive medo de não poder ir para a universidade pela carência económica dos meus pais. Mas não desisti; arrisquei e percebi que ser pobre não significa que não sejamos instruídos.

Mas porque é que associamos logo pobre a dinheiro? Eu vejo muita gente pobre de espírito e riquíssima em termos financeiros.

Publicidade

Não serão esses os maiores pobres? De que adianta ter dinheiro se não o soubermos usar? De que adianta ter dinheiro se ele foi ganho com o suor dos outros, se foi ganho com enganos e com malabarismos de circo de profissionais que colocam areia onde se deve por telha?

Apesar de ser só um desabafo, gostaria apenas de ter mais algum dinheiro (não de ser rica) para poder enfrentar certos parasitas que se armam em chicos espertos sem se lembrarem que pode existir alguém mais esperto do que eles. Por isso, meus caríssimos seguidores, não desperdicem o vosso tempo com lamúrias por serem "pobres", porque pobre é aquele que tem um cérebro e não o sabe utilizar. Vamos mas é aproveitar o fim do dia. Esteve sol e a casa ainda não se começou a desfazer, melhores dias virão. Concordam?