João Simão da Silva, nascido em 21 de Janeiro de 1945, em Mourão, e a quem há quase meio século conhecemos como Marco Paulo, seu nome artístico, comemorou 70 anos de aniversário. O percurso profissional não foi fácil. Viviam-se os anos da rádio, onde o culto da imagem não tinha qualquer valor, e era obrigatório ter uma voz brilhante e um nome sonante para as pessoas fixarem os artistas. Cresceu a ouvir e a cantar os temas mais populares do seu herói de infância Joselito, e aos 18 anos cantou em várias coletividades e frequentou aulas de canto. Além dos discos, a sua caminhada também ficou marcada por várias participações no Festival RTP da Canção (1967, 1969 e 1982). Assim como por um honroso quarto lugar no concurso do Rei da Rádio em 1972, ou ainda pela versão gravada com Simone de Oliveira do tema de Frank Sinatra “Something Stupid”.

Publicidade
Publicidade

Os seus maiores êxitos foram nos anos 80 com "Eu Tenho Dois Amores", que atingiu 175 mil discos vendidos, 3 discos de Ouro e 1 de Prata. Essa #Música e o "Maravilhoso Coração" são os dois maiores sucessos da sua carreira. A sua presença não passava despercebida no palco, desde o cabelo, passando pelas roupas, o seu reportório de versões de músicas de artistas estrangeiros, ao famoso passar do microfone de uma mão para outra enquanto estava a cantar, e o alcance da sua voz num registo impressionante. A sua forma de vestir marcou uma época. Não havia quem não conhecesse ou soubesse cantar as suas músicas. Foi um dos principais motivos que levou centenas de pessoas a ficarem agarradas ao ecrã a ver o Natal dos Hospitais. A consagração de Marco Paulo era mais do que evidente e atingiu também as comunidades portuguesas espalhadas por todo o Mundo, possibilitando actuações em países como França, Alemanha, Estados Unidos da América, Canadá, Venezuela, Angola, Moçambique e África do Sul.

Estreou na década de 90 como apresentador televisivo, no programa Eu Tenho Dois Amores, um sucesso de audiências na RTP. Conhecia esta faceta do cantor? Ainda era muito novo, ou até mesmo acompanhava a sua carreira, mas não sabia do seu reportório.

Publicidade

Em 1996 enfrentou ainda uma batalha contra o cancro, tendo sido sujeito a uma operação ao cólon para remover um tumor que o obrigou a quimioterapia. Em 1997 lançou o álbum "Reencontro". Fez uma participação especial na novela Laços de Sangue na SIC em 2011.

Marco Paulo conta com mais de 70 discos editados e cerca de quatro milhões e meio de exemplares vendidos. Ainda hoje muitos de nós sabemos as letras das músicas dele de cor e salteado, e mesmo não sendo fãs, podemos nos divertir muito, ou não, dependendo dos gostos musicais, com as suas canções.