Decorre de norte a sul do país uma iniciativa que pretende congregar cidadãos e ser uma alternativa de voto nas próximas #Eleições legislativas. Segundo os promotores, esta é uma iniciativa de cidadãos que pretendem dar um contributo e dizer basta ao estado de um país que a dia-a-dia se deteriora em termos económicos, políticos, sociais. Esta iniciativa tem como promotores, figuras como Ana Drago, Boaventura Sousa Santos, Daniel Oliveira, Mário Laginha, Pilar del Rio, Rui Tavares, entre outros, personalidades proeminentes e interventivas na vida política, cultural e social do país.

A convocatória para esta iniciativa diz, em traços gerais: "Esta é uma convocatória à vontade cívica de todos" (...) "que recusa a austeridade e a passividade, que pretende a inovação e solidariedade na economia, que proteja o ambiente e o estado social, melhore e invista no ensino público, que combata a precariedade, que estimule a igualdade social".

Publicidade
Publicidade

A culminar todo este processo de construção de alternativa política e debate aberto e nacional, realizar-se-á no dia 21 de Janeiro, em Lisboa, uma convenção para apresentação de programa eleitoral às eleições legislativas. Decorre neste momento um debate aberto a todos quanto queiram participar e apoiar esta iniciativa, para construção de programa eleitoral a ser discutido e aprovado na convenção de Lisboa. Decorrem durante este mês várias iniciativas preparatórias da convenção um pouco por todo o país.

Num tempo em que a participação política dos cidadãos se resume a um acto eleitoral, decidindo assim os destinos do país, são de louvar esta e outras iniciativas que promovam a participação cívica dos cidadãos. Esperemos que se dê continuidade a todo este trabalho, não o limitando a um ou outro acto eleitoral, mas que se torne um hábito no nosso país a participação democrática dos cidadãos que façam ouvir a sua voz participando nos seus destinos e no do país.

Publicidade

Num tempo em que escasseia a participação cívica, são de louvar esta e outras iniciativas que estimulem a participação de todos nos destinos do país.