A receita fiscal do Estado Português melhorou em 2014 e o ministério das Finanças controlou melhor a fuga aos impostos. Contudo, parece que nem o incentivo da Fatura da Sorte, premiada com veículos topo de gama (Audis A4 e A6), terá cativado suficientemente o contribuinte para, nos gastos do dia-a-dia, solicitar fatura com Número de Identificação Fiscal (NIF). Se o cofre do Estado não anda a Audis, o #Governo reforça a estratégia da receita em 2015 e promove os portugueses a "fiscais à força". Todos os contribuintes são obrigados este ano ao preenchimento do NIF nas faturas se quiserem ter o prometido reembolso e reduzir a despesa do Imposto sobre o Rendimento Singular (IRS).

Publicidade
Publicidade

Assim, o Estado reduz a despesa. Ou seja, não necessita contratar funcionários, pois reúne vários colaboradores da Autoridade Tributária e Aduaneira (AT) - um país inteiro.

O cenário de aumento dos preços no início de cada ano já não é novidade. Mas o aumento do custo do combustível (agravado pela fiscalidade verde e novos biocombustíveis), é um jogo de sobe e desce semanal que não deixa grande margem de escolha a quem necessita deslocar-se de automóvel. Por outro lado, também pode desencorajar a pessoa mais ambiciosa, ou gananciosa, já que atestar o depósito de um Audi não é para a carteira de qualquer um, nem para uma larguíssima maioria de portugueses. Um fator pouco importante, quase insignificante, quando o aumento do preço do combustível se repercute e faz disparar o preço de todos os bens e serviços.

Publicidade

Será por esta razão que o Governo aumentou em 20 euros o Salário Mínimo Nacional (SMN).

Incompreensível esta subida do preço do combustível - tendo Portugal o mais elevado da União Europeia (UE), quando se verifica a descida do preço do Brent (barril de petróleo). Mas alguns economistas dizem que é uma questão de moeda. O dólar está mais bem cotado do que o euro e o petróleo é, precisamente, pago em dólares. Por isso, enquanto "fiscais", todos os portugueses devem pedir fatura, especialmente quando forem abastecer o carro nas gasolineiras e habilitem-se a ganhar um Audi.