O Pico Ruivo é a terceira montanha mais alta de Portugal e o pico mais alto da ilha da Madeira. Tem 1862 metros, situa-se no Norte da ilha e pertence ao concelho de Santana. O pico é distinguido pela United Nations Educational, Scientific and Cultural Organization (UNESCO) como Reserva Mundial da Biosfera. O pico Ruivo é o local ideal para ver o nascer do Sol, obrigando a uma caminhada que começa de madrugada, exigindo algum esforço físico, deveras recompensado pelas paisagens magníficas com as quais nos deparamos e vislumbramos ao longo da mesma.

É um percurso aconselhado para os apaixonados pela flora e fauna. A sua área enquadra a rede europeia de sítios de importância comunitária, a Rede Natura 2000.

Publicidade
Publicidade

Esta é uma rede de áreas apontadas para conservar e preservar os habitats naturais e espécies selvagens ameaçadas, raras e desprotegidas. Relativamente à flora, os musgos e as urzes são as duas espécies predominantes. No que concerne à fauna, o melro-preto, o bisbis e o tentilhão-da-madeira são as aves "habitantes". Assim como a Freira da Madeira, que é a ave marinha mais rara e ameaçada do mundo, que nidifica no maciço montanhoso oriental, compreendido entre o Pico do Areeiro e o Pico Ruivo.

Para chegar ao Pico Ruivo de Santana (como também é conhecido) existem dois percursos distintos, através do Pico do Areeiro, o terceiro pico mais alto do arquipélago, e pela Achada do Teixeira localizada no respetivo concelho. Em dias de boa visibilidade temos uma vista privilegiada sobre a ilha, avistando locais como o Curral das Freiras, a Penha D´Águia, as Ilhas Desertas, a Ponta de São Lourenço, a Serra das Fundura, entre muitos outros sítios encantadores.

Publicidade

Nesta trajetória encontramos os três picos mais altos da "Pérola do Atlântico": o Pico Ruivo, o Pico do Areeiro e o Pico das Torres que está localizado entre o Pico Ruivo e o Pico do Areeiro a uma altitude de 1851 metros. É um lugar amplamente conhecido pelos amantes da escalada.

Neste percurso todos os momentos e paisagens são únicos, a sensação de se estar por cima das nuvens é incrível. Contundo, o nascer do Sol é indescritível, devendo ser experimentado pelo menos uma vez na vida. #Turismo