Todos nós actualmente vivemos com stress, sendo este considerado uma doença moderna. Actualmente esta doença já mata, e quando não mata, provoca danos irrecuperáveis. Vivemos os dias stressados, sempre em estado de tensão e com os nervos "à flor da pele". Por norma somos considerados um povo "carrancudo" e sempre com má cara, e cada vez mais essa faceta é evidente. Por todo o mundo estes sintomas são evidentes.


É normal as pessoas libertarem o stress, e existem muitas formas de o fazer. Há quem corra, vá ao cinema, faça caminhadas, etc... outras preferem fazer sair toda a sua frustração de forma a se sentirem melhor, com actividades fisicamente mais duras. Os factos que têm acontecido no #Futebol, especialmente e mais recentemente nos estádios gregos, não são nada mais do que um veículo de libertação dessa frustração, no entanto os resultados são os que temos visto. Os conflitos vão surgindo e as vítimas se acumulando.


Quando vamos ao estádio ver um jogo, levamos em mente ignorar tudo o que nos envolve, e o objectivo é ter uma alegria vinda do clube que simpatizamos. No entanto todas as causas de stress continuam dentro de nós e os problemas do jogo fazem-nas surgir ao ponto de perdermos o controlo. Quantos de nós já pensámos: "hoje vou relaxar e ver o jogo", e quando termina o jogo estamos mais stressados do que quando começou o jogo.


Muitas vezes culpamos o jogo em si, os casos do jogo ou situações duvidosas, mas na verdade estas situações são apenas a ignição para a bomba que guardamos dentro de nós. Este tipo de violência tem tendência a expandir muito mais. Todos os dias surgem notícias perturbadoras, e com o passar do tempo o nosso estado de tensão é de tal forma instável, que tudo é motivo para conflito. Conflito que se torna cada vez mais físico e grave, podendo por vezes ser catastrófico.


Os serões, que possivelmente seriam de convívio e relaxamento junto de amigos e familiares, tornam-se cada vez mais escassos, de tal modo que consome o relacionamento social e o amor familiar. Desde há muito tempo que ouvimos falar de notícias relacionadas com os conflitos em estádios de futebol. Devido às razões apontadas, todas as semanas existem jogos interrompidos na Grécia.