A profecia da civilização Maia acreditava que o final dos tempos seria, segundo o seu calendário, no dia 21 de Dezembro de 2012. Evento que seria acompanhado de terramotos, incêndios e inundações. Já a Bíblia fala do Apocalipse, no último livro do novo testamento, um período de mil anos que faria Deus regressar à Terra e obrigaria a justiça a triunfar sobre tudo o resto.

Acredite-se ou não, muitas foram as catástrofes naturais que as populações foram testemunhando ao longo dos tempos, eventos extraordinários identificados como sinais do final dos tempos, exemplos disso mesmo são os eclipses solares, a peste negra, os invernos rigorosos ou as erupções de vulcões há muito tempo inactivos.

Publicidade
Publicidade

Recentemente, uma nova teoria científica, desenvolvida por cientistas da NASA, foi colocada e perspectiva-se que um asteroide cairá sobre a Terra e que acabará com todas as formas de vida em Fevereiro de 2019. Tratar-se-á de uma verdadeira profecia ou não passará de apenas mais uma forma de ficção científica? Confira na lista abaixo 4 filmes que também invocaram o final dos tempos:

  • "Impacto Profundo": narrativa de ficção científica que se desenvolve em torno de um grupo que tenta destruir um cometa de 11 quilómetros que se prepara para colidir com a Terra, causando uma extinção total de todas as espécies;
  • "2012": filme de acção que se desenrola em torno da profecia do calendário Maia e que mostra uma sucessão de eventos cataclísmicos, bem como uma corrida contra o tempo de cientistas e milionários para conseguir um lugar dentro de uma espécie de arca do Noé, que permite a salvaguarda da espécie;
  • "A Guerra dos Mundos": romance de ficção científica cujo tema principal é a invasão da Terra por alienígenas que tentam acabar com a espécie humana. A última adaptação deste clássico de Herbert George Wells foi em 2005, sob a realização de Steven Spielberg, com Tom Cruise no papel principal;
  • "Contágio": filme de 2011 que centra a sua história em torno de um vírus fatal, altamente contagioso e transmissível, não só pelo contacto com pessoas infectadas, mas também através de objectos tocados por essas pessoas. Trata-se de uma comparação com a peste negra, catástrofe tantas vezes vista ao longo dos tempos como sinal do final dos tempos.

Muitos outros #Filmes foram realizados, quase sempre tendo em vista o aspecto comercial e não o sentido verídico do acontecimento, casos de "O dia da Independência" ou "O dia depois de amanhã", "O dia em que a Terra parou" ou "Eu sou a Lenda".

Publicidade

Estas películas ganham inúmeras audiências só pela curiosidade que geram entre o público mais fiel de acontecimentos extraordinários. Veremos para quando o filme sobre esta nova profecia.