A arte precisa da solidão, como a solidão precisa da arte. Grandes filmes cinematográficos, livros, álbuns musicais e infinitas obras de outras correntes artísticas foram, são e irão continuar a ser provenientes de momentos contraproducentes que inesperadamente surgem no ciclo de vida de todos os seres humanos. Terá sido talvez essa espécie de transformação psicológica que chocou de frente com a alma de Adam Granduciel, o vocalista dos The War on Drugs que ingressou numa profunda depressão após uma tournée mundial.

A dor intensiva que se apoderou do seu espírito fez renascer a sua criatividade e funcionou como um elo de ligação perfeito, fazendo chegar o seu talento de forma natural a todo o mundo.

Publicidade
Publicidade

"Lost In the Dream" deambula por entre o coração e as visões sombrias existentes no hipocampo de Gradunciel. As suas reflexões interiores dispersas por todas as músicas surgem do início ao fim do disco.

Coberto de músicas cuja grandeza se revela lentamente, o disco saltita e explode nos momentos exactos. Um som melancólico e estimulante. Uma mistura perfeita do melhor indie rock actual com o new wave dos anos oitenta. Um disco devastador e detentor de excelentes músicas como "Under The Pressure", "Red Eyes", "An Ocean in Between the Waves" ou "Disappearing", que serão apresentadas pela primeira vez em Portugal no dia 21 de Agosto no Vodafone Paredes de Coura 2015. Editado em Março de 2014, o terceiro álbum de The War On Drugs ocupa os lugares cimeiros em várias listas dos melhores do ano nas publicações musicais de referência.

Publicidade

Depois de terem actuado precisamente o ano passado no Optimus Alive, a banda norte-americana regressa a Portugal e irá subir ao palco no mesmo dia que os já anunciados Charles Bradley, Iceage, Waxaharchee, Allah-las e Steve Gunn. No dia anterior, há Tame Impala, Pond, Father John Misty e Fuzz. E a 22 de Agosto estão já também garantidos os Temples. A vigésima terceira edição do Vodafone Paredes de Coura realizar-se-à nos dias 19, 20, 21 e 22 de Agosto. #Música