Jonas Gonçalves. O nome que, só por ser falado ou aparecer, coloca imediatamente os adversários a tremer de medo. O homem que mostra diariamente que "velhos são os trapos" e que veio para o #Benfica, não para "viver a reforma", mas sim para demonstrar que ainda tem muito para dar ao #Futebol. E tanto que ele dá! Um jogador "à antiga", um jogador com uma classe e um talento fora de série. Já não se fazem muitos jogadores assim e Jonas é brilhante.

Vamos aos dados. Em 29 jogos e 2293 minutos jogados, Jonas leva 26 golos e 2 assistências. É o melhor avançado brasileiro na Europa e encontra-se a apenas um golo do melhor marcador do Campeonato Nacional, Jackson Martinez.

Publicidade
Publicidade

É o jogador com a melhor média de golos (0,73 golos/jogo) e o jogador com mais bis (4). Na Taça de Portugal é o melhor marcador da competição, apesar de o Benfica já não se encontrar presente na mesma, com 6 golos, e é também o único jogador com um hat-trick. É igualmente o melhor marcador na Taça da Liga, onde já conta com 4 golos, quando apenas falta jogar a final contra o Marítimo.

Todas estas estatísticas contribuíram para que o jogador brasileiro recebesse a alcunha, entre os adeptos, de "Jonas Pistolas". Tem sido, sem dúvida, o "anjo" do Benfica em 2015. Juntamente com Lima, são o terror de qualquer equipa adversária. Jogadas brilhantes, toques fenomenais, a enorme classe que demonstra, os golos espectaculares. Tudo isto faz com que Jonas seja, no momento, um dos jogadores mais acarinhados entre os adeptos benfiquistas.

Publicidade

As ovações no momento em que é substituído, com todo o estádio a gritar "Jonas! Jonas! Jonas! Jonas!" e a curvar-se perante o jogador, têm sido constantes e com certeza o jogador aprecia e agradece.

Quando falta cerca de uma semana para o jogo decisivo para as contas do título, o grande "Clássico" entre Benfica e Porto, Jonas será, sem dúvida, uma das peças fundamentais no esquema de Jorge Jesus para conseguir levar de vencida a equipa azul e branca. O jogador encontrava-se em risco de suspensão por acumulação de amarelos, mas conseguiu evitar com sucesso levar cartão amarelo no jogo de sábado contra o Belenenses, que o impediria de conseguir jogar a decisiva partida.

Esperemos que Jonas possa continuar a sua excelente forma e ajudar o Benfica nos jogos importantes que faltam, tanto para o Campeonato, como na final da Taça da Liga frente ao Marítimo. Por último, resta agradecer ao Valência o facto de ter dispensado a custo zero um dos melhores avançados da Europa. O Benfica e os adeptos agradecem.