Com o terminar do contrato do técnico do #Benfica, no final desta época, a questão mantém-se: irá Jesus renovar e continuar nos comandos do clube encarnado ou irá sair e procurar novos desafios? Muitos benfiquistas, apesar de tudo o que Jesus já conquistou à frente do comando técnico do clube, continuam a querer que o técnico saia no final desta época. As más decisões em jogos importantes, as substituições e onzes titulares que por vezes não se percebem, contribuem para que estes adeptos tenham esta opinião e vontade.

Mas recordemos o que Jorge Jesus trouxe ao Benfica, desde que assinou em 2009:

  • Antes de assumir o comando técnico da equipa encarnada, o Benfica não ganhava o Campeonato há 4 anos consecutivos, e foi precisamente no ano de estreia que Jesus quebrou esse "jejum" de campeonatos.
  • Antes da chegada do técnico português, o #Futebol praticado pela equipa do Benfica era desinteressante, sem chama, não era um futebol "à Benfica". Com Jesus tudo mudou. Voltaram-se às goleadas na Luz, às jogadas mágicas que culminavam em golos de outro mundo.
  • Pós-1974, Jesus é o melhor treinador que já passou pelo comando do Benfica. Em 314 jogos oficiais, ganhou 220, empatando 49, e perdendo apenas 45. Tudo isto em 6 anos. É o treinador com a maior percentagem de vitórias em 40 anos.
  • A adicionar ao excelente futebol praticado pela equipa, que cada vez dá mais prazer assistir, juntam-se 2 Campeonatos Nacionais, 4 Taças da Liga, 1 Taça de Portugal, 1 Supertaça Cândido de Oliveira, 2 finais europeias (Liga Europa) e o facto de ter feito do Benfica o primeiro e único clube a fazer o triplete.

A conquista, ou não, do Título Nacional esta temporada deverá ser o factor a ter mais peso na hora de decidir a continuidade do técnico encarnado. Depois de afastado da Taça de Portugal e das competições europeias, não resta muito mais ao Benfica que o Campeonato e a Taça da Liga.

Publicidade
Publicidade

Um falhanço na conquista do campeonato, quando este é o único foco de atenção e preocupação da equipa, será possivelmente a "morte do artista".

A tudo isto, junta-se o interesse de outros clubes em Jorge Jesus. Clubes como o Fenerbahçe, que aparentemente estarão a colocar a hipótese de contratar o técnico do Benfica. Jesus já referiu também que está feliz no Benfica e que não pretende mudar, mas, tal como referido, tudo dependerá certamente do êxito ou não no campeonato. A menos de duas semanas do grande "Clássico", que irá certamente definir o vencedor da Liga NOS 2014/2015, resta esperar para ver o que irá acontecer.