Como todos os anos, a Queima das Fitas de Coimbra é organizada pela Comissão Organizadora, com um representante de cada Universidade de Coimbra (UC). Contudo, o Instituto Politécnico de Coimbra (IPC) não toma qualquer decisão na organização de celebração do Estudante de Coimbra. Deste modo, sendo uma semana preparada para os estudantes de Coimbra, todos merecem que a sua palavra seja ouvida, independentemente de serem da UC ou do IPC.

Mas neste momento o Cortejo da Queima está a aproximar-se e os carros da Escola Superior de Educação de Coimbra (ESEC) continuam a fazer força para continuarem com a sua tradição de permanecer antes dos Arcos do Jardim durante a tarde e só descerem até ao Cemitério dos carros dada a finalização do cortejo da UC.

Publicidade
Publicidade

Entretanto, este ano, as coisas não estão a correr bem para os estudantes da ESEC, pois todos os dias surge uma pressão pela Comissão Organizadora para que os carros sejam inscritos, sendo avisados que "os carros que não estejam inscritos no cortejo, mas que permaneçam no espaço das festividades, serão bloqueados pela polícia, e que todos os elementos das comissões serão retirados dos carros".

Nesta altura, as negociações entre representantes dos dois pólos continuam, de forma a que tudo corra pelo melhor. Visto este assunto por alto não se vê problemas na inscrição. Contudo, eles existem um pouco às escuras de meros observadores do Cortejo. Em primeiro, a inscrição sem multa é de 600€; seguidamente, não sendo a UC e não tendo as características necessárias para se apresentar a concurso, não poderá lutar por nenhum prémio, e, por último, não podem ter escolha de lugar e terão de ser os últimos a sair da Universidade.

Publicidade

Os três pontos acima descritos são aqueles que por estes alunos são os mais relevantes, pois se tivessem as mesmas regalias e oportunidades que as restantes comissões da Universidade têm não existiria quase nenhum entrave à inscrição, a não ser os preços que continuam a ser muito elevados.

Tudo isto para defender que Coimbra é uma cidade de estudantes e feita por eles, pois nos meses de férias parece que a cidade murcha. Depois é de referir que todas as festas académicas são feitas para todos e todos têm o direito de usufruir igual forma. #Entretenimento