Jorge Jesus tem aproveitado os seus contactos com dirigentes do Benfica para tentar extrair o máximo de informações possíveis sobre os treinos e a forma de trabalhar de Rui Vitória. Segundo avança hoje o Diário de Notícias, o agora técnico do #Sporting quer saber como trabalha o seu sucessor e tenta ainda aliciar alguns membros do staff benfiquista para também eles rumarem ao clube de Alvalade. Segundo a notícia, Jesus tem mesmo criado um enorme mal-estar no #Benfica, com os constantes telefonemas a dirigentes do clube. Conseguirá ele aproveitar-se desta situação para voltar a prejudicar o Benfica e favorecer o rival Sporting?

Mesmo depois da sua saída conturbada para o grande rival, Jorge Jesus parece pretender continuar a ter a maior influência possível nos dirigentes, jogadores, equipa médica e staff do Benfica.

Publicidade
Publicidade

Segundo uma fonte oficial do Benfica avançou ao Diário de Notícias, os telefonemas do antigo treinador encarnado são recorrentes e têm criado um enorme mal-estar no universo benfiquista. Jesus quer saber o que Rui Vitória anda a preparar nos primeiros dias de trabalho e que jogadores o Benfica pretende contratar.

É mais que evidente que Jesus quer aproveitar-se dos contactos e das relações que construiu no Benfica durante os seus seis anos, para "magoar" o seu antigo clube e favorecer o Sporting. Se aceitar ser técnico do Sporting enquanto Marco Silva ainda não estava despedido era pouco ético, o que será esta tentativa de infiltração nos trabalhos do seu antigo clube, utilizando os seus contactos para saber informações confidenciais?

O mais provável é que Jorge Jesus não consiga saber mais do que aquilo que vem na comunicação social, mas a tentativa de ultrapassar o Benfica pela direita ficará presente nas cabeças dos benfiquistas. Para além disso, Jesus, segundo o DN, tem também tentado "roubar" funcionários do Benfica para o Sporting, numa atitude que tem deixado todos os visados muito desconfortáveis.

Publicidade

Jorge Jesus quer notoriamente, com estes telefonemas, mexer com a calma presente nos primeiros dias de trabalho no Seixal, mas conseguirá de facto? Qual será afinal o preço para vencer, se até tentar extrair informações confidenciais é permitido? #Primeira Liga Portuguesa